chiquititas

Criar uma Loja Virtual Grátis
chiquititas

CHIQUITITAS

Chiquititas (2013)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Chiquititas
Informação geral
Formato Telenovela
Gênero
Duração 45 minutos
Criador(es) Cris Morena
(obra original)
Gustavo Barrios
Patricia Maldonado
(primeira versão brasileira)
Íris Abravanel
(nova adaptação)
País de origem  Brasil
Idioma original Português
Produção
Diretor(es) Reynaldo Boury
Roberto Menezes
Ricardo Mantoanelli
Luís Antônio Piá[2] [3]
Elenco Manuela do Monte
Guilherme Boury
Thaís Pacholek
Roberto Frota
Felipe Folgosi
Giovanna Grigio
Giovanna Gold
João Acaiabe
Carla Fioroni
Lisandra Parede
Liza Vieira
Emílio Eric Surita
Sandra Pêra
João Gabriel Vasconcellos
Letícia Navas
Olívia Araújo
Daniel Andrade
Ernando Tiago
Amanda Furtado
Rayssa Chaddad
Júlia Olliver
Filipe Cavalcante
Bruna Carvalho (ver mais)
Tema de abertura "Remexe", por elenco[4]
Tema de
encerramento
"Remexe"
Exibição
Emissora de
televisão original
Brasil Sistema Brasileiro de Televisão
Formato de exibição 1080i (HD)
Transmissão original 15 de julho de 201314 de agosto de 2015
N.º de episódios 545[5]

Chiquititas é uma telenovela brasileira produzida pelo Sistema Brasileiro de Televisão e exibida originalmente entre 15 de julho de 2013[6] [7] [8] e 14 de agosto de 2015, totalizando 545 capítulos.[9] Escrita por Íris Abravanel com a supervisão de texto de Rita Valente e a colaboração de Carlos Marques, Fany Higuera, Gracy Iwashita, Gustavo Braga e Marcela Arantes,[10] o folhetim inspirou-se na telenovela argentina homônima, de Cris Morena, que também deu origem à primeira versão brasileira, autoria de Gustavo Barrios e Patrícia Maldonado. A decisão de re-produzir alguma obra surgiu por parte de Daniela Beyruti, diretora da emissora, visando manter a mesma repercussão obtida por Carrossel. Entre Chiquititas e Carita de ángel, a decisão - vista com receio por funcionários do SBT - foi de gravar o texto de Cris Morena. O roteiro começou a ser desenvolvido em outubro de 2012 por Abravanel, entregue em fevereiro de 2013 para a equipe e o elenco, que havia definido em novembro. Com trinta capítulos já prontos, o folhetim começou suas filmagens em 25 de fevereiro.[11]

Giovanna Grigio e Manuela do Monte interpretaram as personagens principais Milena e Carolina Correia, respectivamente,[12] [13]numa trama que narra o cotidiano do orfanato Raio de Luz, onde a garota, apelidada como Mili, convive com as demais crianças apesar da tristeza de não ter uma família unida. Na versão original, as personagens principais foram vividas por Fernanda Souza[14] [15] e Flávia Monteiro.[16] [17] Júlia Olliver, Cinthia Cruz, Lívia Inhudes, Rayssa Chaddad, Gabriella Saraivah, Giulia Garcia, Carolina Chamberlain, Sophia Valverde, Gabriel Santana, Donato Veríssimo, Patricia Gasppar, Lisandra Parede, Gui Vieira, Filipe Cavalcante, João Acaiabe, Carla Fioroni, Liza Vieira e Anna Livya Padilha interpretam os demais papéis principais da história.[18] O bullying e o abandono infantil foram assuntos tratados na história, além da era digital atual, introduzindo "blogs e essas parafernálias todas", de acordo com a própria autora. Inclui ainda entre seus assuntos principais a puberdade, período em que ocorrem mudanças biológicas e fisiológicas no corpo infantil.[19] [20]

O elenco interpreta a abertura da novela, "Remexe", que está presente em Chiquititas: Volume 1, primeira trilha sonora baseada no folhetim, que foi lançada em agosto de 2013.[21] Chiquititas, cujo título é uma referência às internas do orfanato Raio de Luz,[13] foi bem-recebida comercialmente e publicamente. Classificada pela imprensa como uma "novela para toda a família", as atuações, os roteiros e os cenários foram elogiados - embora ainda seja notável a falta de diálogos fortes, como analisaram alguns jornalistas.[20] Sua divulgação é notável tanto na própria emissora quanto em outros meios, e durante sua exibição no Brasil, a produção obtém uma audiência média de 10-13 pontos na medição do Instituto Brasileiro de Opinião Pública e Estatística, índices considerados satisfatórios tanto pela mídia[22] quanto pela emissora, que determinou uma meta de 7 pontos.[23] Foram licenciados 500 produtos, entre eles cadernos, lancheiras e revistas, com um faturamento de mais de R$ 100 milhões somente nesta área.[24]

 

Antecedentes e contexto[editar | editar código-fonte]

Fernanda Souzainterpretou Mili na primeira versão brasileira deChiquititas, a qual conseguiu um grande sucesso.

Em 1995, Cris Morena criou Chiquititas, uma telenovela infantil cujo roteiro seguia a história de Milagros, uma garota que é separada da mãe por seu avô e vai morar em um orfanato criado por ele para recebê-la, chamado Rincón de Luz.[25] O drama estreou em 7 de agosto de 1995 na rede argentinaTelefe, e sua exibição seguiu até 2001, quanto Morena deixou a cadeia de televisão, depois de diversas brigas com a emissora, que culminaram na transferência da transmissão para os domingos. De tal forma, a sétima temporada teve apenas dez episódios. Daí, a empresária escreveu Rebelde Way e ainda Floricienta, através de sua própria produtora, a Cris Morena Group.[26] Em 2006, os produtores reuniram-se com a idealizadora para criaruma temporada comemorativa dos 10 anos da estreia da novela, que teve 150 capítulos. No Brasil, a temporada foi exibida em 2008 pelo Sistema Brasileiro de Televisão.[27] Seu último episódio foi exibido em 11 de dezembro de 2006, totalizando oito temporadas e 1412 capítulos.

Dois anos após a estreia da obra argentina, o Sistema Brasileiro de Televisão firmou um contrato com a Telefe que culminaria em uma co-produção de uma versão brasileira da novela. Fernanda Souza foi escolhida para interpretar Milena — a tradução de Milagros — apelidada como Mili; e Flávia Monteiro foi escalada como Carol, que na trama original chamava-se Belen. Estreando em 28 de julho de 1997,[28] [29] Chiquititas conseguiu um sucesso imediato entre o público infantil, alcançando médias de 12 a 18 pontos na medição do Instituto Brasileiro de Opinião Pública e Estatística(IBOPE), chegando a marca de 6 milhões de telespectadores diariamente. Os álbuns da história venderam mais de 1 milhão de cópias.[30] [31] Durante o período de férias da trama, foram exibidas as mexicanas Luz Clarita e O Diário de Daniela.[32] [33] O sucesso da história permaneceu por mais alguns anos; no entanto, a audiência começou a cair, passando a oscilar entre 9 pontos, devido ao sucesso de Uga-Uga (2000), que chegava a marcar 43 pontos. Além disso, o contrato de Morena com a Telefe encerraria-se em 2001, então o SBT acabou por decretar o fim da novela. Seu último capítulo foi exibido em 19 de janeiro de 2001, totalizando cinco temporadas e 807 capítulos, tornando-a a telenovela brasileira com mais capítulos.[34]

Entre o período de término da trama e 2012, o SBT transmitiu vinte telenovelas inéditas. Depois de Corações Feridos (2012), a emissora anunciou que iniciaria o desenvolvimento de uma refilmagem da mexicana Carrusel (1989), esta já exibida anteriormente pelo canal e que durante sua transmissão alcançou elevados índices de audiência.[35] Carrossel então foi produzida, estreou em 21 de maio de 2012 e manteve uma média de 12,3 pontos na medição de público, catapultando a audiência da emissora em um horário — 20h30min — em que costumava marcar 5 pontos.[36] A produção infantil também foi bem-recebida pelos críticos televisivos, que destacaram a fidelidade ao texto mexicano e o resultado bem-sucedido da decisão de produzir uma versão de uma história já exibida.[37] [38]

Produção[editar | editar código-fonte]

"Baseada no sucesso de Carrossel e nas pesquisas que indicavam a carência de uma programação infanto-juvenil à noite, optou-se por revisitar essa história. Chiquititas tem os ingredientes necessários para cativar não só crianças, mas a família em geral".

Íris Abravanel sobre a telenovela.[4]

Após o sucesso de audiência e comercial de Carrossel, a diretora do SBT, Daniela Beyruti, teve a ideia de continuar com a dramaturgia infanto-juvenil com um novo remake de Chiquititas ou um inédito da mexicana Carita de ángel.[39][40] Mesmo com outros diretores se impondo contra a ideia, os executivos da emissora aceitaram-na e começaram a produzir a primeira opção.[41] [42] O anúncio de que seria a escolhida chegou à imprensa em setembro de 2012.[43] [44]Íris Abravanel encerrou Carrossel em outubro de 2012 e após uma semana começou a adaptar o texto deChiquititas.[45] [46] Abravanel desenvolveu os primeiros trinta capítulos da novela em Orlando e os entregou em 13 de fevereiro de 2013 para a produção.[47] [48] O elenco se reuniu pela primeira vez na tarde do dia 18 e em 25 do mesmo mês e ano as gravações se iniciaram.[49] [50] A entrada das famílias nos sets de filmagem foi vetada pela emissora, para, segundo Patrícia Kogut, "evitar o falatório, a distração e as fotos postadas sem consentimento no Facebook", o que ocorria com Carrossel.[51] As filmagens ocorrem nos estúdios 7 e 8 do CDT da Anhanguera, além da cidade cenográfica, construída em janeiro de 2013[52] e que tem 1,140 metros quadrados.[53] O preparador de elenco Beto Silveira, comentou as gravações: "Com amor, carinho e respeito: gravando".[50] As gravações costumam ter duração de 6 a 8 horas por dia e ocorrem também em feriados e fins de semana.[54] O elenco tem pausas para comer, descansar, e no caso do elenco infantil, fazer as lições de casa.[55] Cada capítulo tem um orçamento de aproximadamente R$ 200 mil,[56] [57] e ao todo, serão gastos R$ 54 milhões.[58] Em entrevista concedida ao jornalista Daniel Castro, a autora disse que a novela "não seria uma simples cópia" da primeira versão. A trama ganharia um foco diferente, novos personagens e um novo arco dramático.[59] [60]

Diante da boa audiência e faturamento com produtos licenciados, o SBT decidiu esticar a novela até meados de agosto de 2015.[5] [61] No entanto, a emissora adotou uma estratégia pouco conveniente para os telespectadores. Para prolongar a duração da trama, o canal utiliza uma quantidade considerada exagerada de clipes e flashbacks nos capítulos.[62] O fato chega a render algumas piadas por parte do público.[63] Durante um webchat oficial, a atriz Júlia Olliver, intérprete da personagem Pata, revelou que a trama, apesar de já ultrapassar a marca de 400 capítulos, teve apenas 386 escritos.[64] As gravações foram encerradas no dia 28 de fevereiro de 2015,[65] contabilizando 5 745 cenas feitas no estúdio 7, onde foram abrigados os cenários do Orfanato Raio de Luz, 1 067 gravadas na Cidade Cenográfica, 5 763 cenas no estúdio 8 e outras 1 728 gravações externas.[66]

Escolha do elenco[editar | editar código-fonte]

Cquote1.svg Quando soube que tinha sido escolhida, foi o dia mais feliz da minha vida. Eu não esperava que fosse conseguir esse personagem. Foi uma grande surpresa [...] Estou fazendo a minha Mili, que com certeza é diferente da que foi feita por Fernanda Souza. Mas sem mudar o espírito da personagem. Cquote2.svg
Giovanna Grigio, intérprete de Mili, sobre o papel.[67] [68]

Os testes para o elenco infantil da novela se iniciaram em novembro de 2012, ao mesmo tempo que agências de atores mirins começaram a fazer testes falsos, enganando os responsáveis das crianças envolvidas. Em seguida o SBT afirmou que apenas a emissora faria os testes.[69] Em 22 de janeiro de 2013, o preparador de atores Beto Silveira, que também participou na preparação do elenco da primeira versão, foi recontratado. Junto com Silveira, a diretora de elenco Márcia Italo, o preparador Ariel Moshe, a psicóloga Rosa Szwarchberg, a fonoaudiologia Camila Mercatelli, a professora de canto Maria de Diniz e ao coreografo Eudóxio Junior completaram a equipe.[70] As atrizes Fernanda Pontes e Tammy Di Calafiori realizaram testes para interpretar a protagonista Carolina Correia,[71] [72] mas por fim o papel ficou para Manuela do Monte.[13] Manuela disse que não assistiu a versão de 1997 e que usou experiências da sua vida para interpretar sua personagem.[73] Ela também disse, em entrevista para a revista Caras que, na época da edição, pensou em fazer teste para ser uma das internas do orfanato,[74] e que, ao ser escolhida para interpretar Carol, realizou um sonho.[75]

Larissa Manoela, que interpretou Maria Joaquina em Carrossel, renovou contrato com o SBT em novembro de 2012, e havia sido escalada para interpretar Fran na segunda fase da telenovela, mas foi desligada pouco depois, devido a outros projetos com a produção que atuava e a gravação de um álbum, que será distribuído através daDeckdisc.[76] [77] Gésio Amadeu, que atuou como chefe Chico na primeira versão da novela, foi convidado para repetir o papel na refilmagem, mas recusou por ter contrato com a Rede Globo para atuar na novela Flor do Caribe, indicando o ator João Acaiabe para desempenhar o personagem.[78] Várias crianças oriundas de produções anteriores daRede Globo foram contratadas para trabalhar na nova edição.[79] [80] O elenco completo foi divulgado pela emissora paulista dia 7 de fevereiro de 2013[81] [82] e apresentado em 23 de abril.[83] Em 3 de julho, foi confirmado que Patrícia Abravanel, filha do dono do SBT Silvio Santos com a autora Íris, faria uma participação na telenovela.[84] [85] Íris chegou a comentar o assunto: "Ai de mim se não colocasse a Patrícia para fazer uma 'pontinha'".[86] [87] O pedido para aparecer na novela veio da própria Patrícia.[88] [89] Ela disse em entrevista para a Contigo! que pediu à mãe para fazer uma participação de um capítulo apenas para se ver como atriz.[90] [91]

    

Cenário e caracterização[editar | editar código-fonte]

O orfanato Raio de Luz é um dos cenários de maior parte da trama, e seu prédio é o principal de toda a estrutura montada pelo SBT para a gravação da telenovela.[92]

O orfanato Raio de Luz e o Café Boutique são os cenários da maior parte da trama.[93] [94] O prédio do orfanato é o principal de toda a estrutura montada pela emissora. Com o auxílio de computação gráfica, foi possível apresentar maior profundidade e tamanho para cada ponto deste e de outras construções, as quais se limitam a fachadas. As cenas internas são filmadas nos estúdios 7 e 8.[95] As casas próximas ao abrigo refletem em um padrão arquitetônico de bairros históricos de São Paulo, como aos próximos do centro do município. Sobrados de dois andares e outros térreos remetem ao estilo do século XX. Garagens, por exemplo, não existem e os carros ficam estacionados na própria rua.[95] A casa da personagem Carol é onde os funcionários do café se reúnem. Também são cenários recorrentes: a mansão da família Almeida Campos, onde ocorrem as cenas de Gabriela, Carmem e José Ricardo[96] e a casa onde Eduarda e Maria Cecília moram.[97] O Café Boutique, na novela, é um arranha-céu, enquanto que na cidade cenográfica, possui apenas dois andares.[98] Com projeção gráfica, a equipe técnica do SBT acrescentou mais alguns pisos. O piso térreo do prédio se subdivide no Café e na recepção do edifício da família Almeida Campos. A recepção é um dos únicos pontos de toda a cidade que conta com estrutura interna, com mesas, elevadores, computadores e todo o mobiliário que remete a um ambiente como tal.[95]

Por fim, dando sequência a rua aonde está localizada a cafeteria, são encontradas lojas e clínicas, com um aspecto contemporâneo e, de acordo com João Gabriel Batista, do NaTelinha, "similar às ruas de bairros nobres paulistanos, como os Jardins". Calçadas mais amplas em uma rua arborizada dividem espaço com fachadas de sapatarias, lojas de roupas, clínica de estética e uma galeria de arte. Todas elas contam com uma pequena profundidade e um mobiliário que se limita ao necessário para que em cena tais ambientes pareçam críveis. Também houve cuidado na escolha da tipografia e na identidade visual de cada uma das lojas, de forma que cada uma delas tenha um logotipo e cores adequadas ao ramo que pertencem. Tais cuidados foram tomados ainda que boa parte destas instalações não faça parte da história.[95] O uniforme das internas do Raio de Luz são caracterizados pelos tons azuis, além de outras cores nas mangas.[99] Uma caracterização na telenovela são as histórias da personagem Mili, que receberam animação da equipe do SBT.[100]

Divulgação[editar | editar código-fonte]

O primeiro teaser da telenovela foi exibido no dia 26 de março de 2013.[101] Dois meses depois, foram lançados novos comerciais apresentando os personagens principais e suas características.[102] [103] Foi criado um mini jornal chamado "Carrossel TV", mostrando os bastidores, entrevistas e contando um pouco sobre a história de Chiquititas; foi divulgado pela primeira vez em 17 de junho de 2013 ao vivo na bancada do telejornal SBT Brasil, com Maísa Silva como Valéria na bancada do mini jornal e Larissa Manoela(Maria Joaquina), Jean Paulo Campos (Cirilo), Nicholas Torres (Jaime), Mateus Ueta (Kokimoto) nos bastidores fazendo matérias.[104] [105] O mesmo programa fez duas reportagens, uma sobre a estreia e outra sobra a repercussão da trama.[106] A 8 de julho, o programa Astros teve a presença das garotas do orfanato, que interpretaram a canção-tema.[107] Três dias depois, o humorístico A Praça é Nossa recebeu o elenco da novela,[108] e o jornalístico Conexão Repórter cobriu os bastidores de Chiquititas com uma matéria de uma hora de duração.[100] No dia 10 do mesmo mês, Arnaldo Saccomani, produtor musical da trama, foi ao Programa do Ratinho e mostrou trechos dos vídeos musicais de "Remexe" e "Igual aos Demais".[109] Dois dias depois, as internas do orfanato Raio de Luz foram ao mesmo programa.[110] [111]

Em 14 de julho, faltando um dia para a estreia, os programas Domingo Legal e Eliana receberam e foram até os estúdios da atração ao vivo com o elenco,[112] e no fim do dia, a autora Íris Abravanel deu uma entrevista para o De Frente com Gabi, contando novidades sobre a novela e sua vida pessoal.[113] [114] Em 4 de agosto, o elenco voltou aoDomingo Legal para participar do quadro "Passa ou Repassa". Este já foi um programa de TV independente e foi inspirado em Double Dare (1987), da Nickelodeon.[115] O elenco da telenovela aparece recorrentemente nos programas Bom Dia & Cia. e Sábado Animado, cujos apresentadores são revezados entre os atores mirins de Carrossel.[116][117] Além disso, a emissora VTV, afiliada ao SBT, fez um espaço em um shopping center, chamado de "Espaço VTV Chiquititas" onde as crianças dançavam e brincavam com os personagens da novela.[118] No dia 13 de outubro, o elenco mirim participou do quadro "Afunda ou Boia?" no Domingo Legal, em sua edição especial de Dia das Crianças,[119] e à noite, Giovanna Grigio e Gabriel Santana foram entrevistados por Marília Gabriela.[120] O elenco da novela participou ainda do Teleton de 2013, abrindo a maratona com a canção "Depende de Nós", que cantaram junto a Eliana. Além disso, fizeram mais participações ao longo do programa, interpretando músicas como "Remexe" e "Todo Mundo Chique".[121]

Enredo[editar | editar código-fonte]

O enredo transcorre da seguinte forma:[122]

Gtk-paste.svg Aviso: Este artigo ou se(c)ção contém revelações sobre o enredo.

Primeira Fase[editar | editar código-fonte]

Chiquititas gira em torno do orfanato Raio de Luz, que carrega em sua história um grande segredo envolvendo a família e o dono do orfanato, Dr. José Ricardo Almeida Campos.[122] Em um período anterior à novela, exatos treze anos, sua filha Gabriela se apaixonou e ficou grávida de Miguel, filho de Valentina, empregada da casa dos Almeida Campos. Pouco depois, José Ricardo sequestrou sua neta, pois, como um homem conservador, ele não aceitava a ideia de que sua filha se envolvesse com um servo.[123]Como sua neta, Milena, apelidada como Mili, precisava de um lugar para morar, ele comprou um casarão e fundou um orfanato, o Raio de Luz. Mili cresceu lá com outras garotas que chegaram posteriormente: Bia, Ana, as irmãs Tati e Vivi, e Cris. Ao decorrer dos anos, elas se tornam uma família. Elas são supervisionadas por Ernestina, zeladora do orfanato, e Chico, o cozinheiro amado pelas internas. Sofia, ex-governanta da família Almeida Campos, é a diretora do lugar, até que Carmem, irmã de José Ricardo, entre em seu lugar. Chegam ainda mais órfãos: Pata, Mosca, Binho e Rafa, que viviam nas ruas antes de entrarem na instituição. Pata e Mili tornam-se amigas rapidamente, enquanto Mosca, Binho e Rafa são os primeiros garotos a entrar no abrigo. As crianças sem-teto foram ajudadas por uma doce e bela garota que tocam e mudam a vida delas, assim como as das garotas órfãs.[124]

Ela é Carolina, uma jovem que trabalha na sede de uma das cafeterias de José, o Café Boutique, e é estudante de psicologia. Carol vive com sua amiga Letícia e seu irmão Beto. No decorrer da trama, após a morte de Letícia, Clarita se muda para sua casa e ajuda a cuidar de Daniela, a filha de Letícia que Carol fica como responsável judicial. Em seu trabalho, Carol conhece Junior, o filho mais novo de José Ricardo, um economista que vivia em Londres e volta para São Paulo para continuar seus negócios. Ele descobre que sua irmã, Gabriela, está em estado de choque[122] [125] e culpa seu pai pela crise dela. Junior também questiona a benevolência de seu pai ao abrir a instituição de caridade, sendo que José sempre demonstrou esnobismo e egoísmo. Ele e Carol se juntam a Mili para ajudá-la a desvendar seu passado.[126] Junior e Carol apaixonam-se profundamente um pelo outro, porém José faz o impossível para separá-los. Gabriela entra em estado de choque, pois acredita que teve uma filha natimorta, o que revela-se uma mentira contada por seu pai quando Mili nasceu. Seu estado grave é suavizado por ela, ambas inconscientes do parentesco.[127] Ainda na história, há Maria Cecília, filha de Eduarda e funcionária do Café Boutique, que é obrigada por sua mãe a tentar conquistar Junior para herdar sua fortuna. Tobias, empregado do café, se apaixona por ela e faz de tudo para conquistá-la. Maria Cecília diz para sua mãe que ela e Junior estão namorando, e ele descobre. Tenta ajudá-la com sua mãe, mas a diz que não poderia ficar fingindo para sempre. Maria começa a fingir que está saindo com Junior, enquanto na verdade começa a sair com Tobias. Em um desses encontros, se beijam e se apaixonam.[128]

Gtk-paste.svg Aviso: Terminam aqui as revelações sobre o enredo.

Exibição[editar | editar código-fonte]

O primeiro capítulo de Chiquititas foi exibido no dia 15 de julho de 2013 na faixa das 20h30min pelo SBT.[6] [129] A telenovela infanto-juvenil é exibida de segunda a sexta, com aclassificação indicativa de livre para todos os públicos.[130] [131] Arthur Vivaqua, do iG, notou que como o folhetim aborda temas mais adultos que o anterior, a recomendação poderia ter sido alterada: "A nova novela, porém, pode esbarrar em alguns problemas, sendo um deles a classificação indicativa já que Chiquititas possuirá personagens adolescentes e, consequentemente, abordará temáticas mais complexas. Com isso, a 'classificação livre' dada ao Ministério Público pode ser perdida por Chiquititas, o que, por sua vez, pode comprometer seu horário de exibição". De acordo com ele, a autora teria sido orientada a abordar temas mais adultos - como o sexo, por exemplo - de forma "sutil, sem comprometer a audiência das crianças". Para Vivaqua, o desafio da produção "passa, então, a ser o de mesclar, na medida correta, os dilemas da adolescência com a inocência da infância".[131]

Cquote1.svg Uma das principais preocupações do SBT nesta adaptação de Chiquititas, feita por Íris Abravanel, é fazer com que a novela mantenha a classificação livre. É que, ao contrário de Carrossel, cuja trama girava em torno das crianças, com suas questões restritas ao universo infantil,Chiquititas terá personagens de 16, 17 anos. O desafio de Íris é abraçar temas mais adultos, como sexo, de forma mastigada, sem ferir o público infantil. Cquote2.svg
— Patrícia Kogut, jornalista do O Globo, quanto à classificação indicativa.[132]

Durante as duas primeiras semanas de exibição, Chiquititas não teve nenhum intervalo, e a vinheta de abertura era exibida no final da telenovela. Após a terceira semana, já eram exibidos comerciais, porém a abertura ainda era exibida no fim.[128] [133] Originalmente era previsto que a produção ficasse no ar até abril de 2015, com 445 capítulos.[134]Em novembro de 2013, de acordo com Ricardo Mantoanelli, diretor, a ideia era "manter Chiquititas no patamar que está e fazer da Patrulha Salvadora um sucesso, para que tenhamos mais temporadas e possamos incluir na grade de programação. E assim, formarmos um núcleo de teledramaturgia".[54] A telenovela já é uma das maiores produções brasileiras de todos os tempos em número de capítulos,[135] tendo atingido a marca de 500 capítulos em 12 de junho de 2015.[136] Em maio de 2015, estrearam os primeirosteaser da sucessora, Cúmplices de um Resgate,[137] e em meados de junho, foram ao ar as primeiras chamadas anunciando a reta final de Chiquititas,[138] cujo último capítulo foi ao ar em 14 de agosto de 2015.[139]

Exibição internacional[editar | editar código-fonte]

Chiquititas está sendo exibida em Angola e Moçambique desde o dia 18 de julho de 2014, às 17h e 18h respectivamente, pelo canal da TV paga Mais Novelas, no dia 1 de julho de 2015, a novela mudou-se para o canal ZAP Novelas[140] , ambos canais são pertencentes à operadora Zap nesses dois países.

País Canal Ano
Angola Angola Mais Novelas / Zap Novelas[141] 2014
Moçambique Moçambique Mais Novelas / Zap Novelas [142]

Vinheta de abertura[editar | editar código-fonte]

O elenco interpreta o tema de abertura da novela, "Remexe", que é baseado em "Rechufas", canção usada na versão argentina.[143] Como notado por Fábio Garcia do portal Coisas de Novela, a letra sofreu "ligeiras alterações". "Dá pra reparar que a música está com a letra ligeiramente diferente, além de ser tocada em uma velocidade um pouco mais baixa. Talvez seja para que a letra fique bem clara na cabeça das pessoas, ao contrário das canções antigas de Chiquititas que eram quase impossíveis de se descobrir o que as meninas estavam cantando, seja pela gritaria desenfreada das crianças ou porque as televisões daquela década não possuíam recursos bons para transmitir um som menos abafado", comentou.[143] Produzida pela emissora, a vinheta que inicia a telenovela começa com Dani brincando de amarelinha, e então segue para as garotas do orfanato Raio de Luz imaginando que estão em uma tempestade, e depois em uma barraca. O vídeo termina com todo o elenco dançando e cantando os versos da música.[144]Wesley Ferreira do OCanal disse que o SBT "lançou a abertura e impressionou pela qualidade e efeitos em 3D."[144] Já Gabriel Vaquer do NaTelinha notou que a vinheta foi digna do "Padrão Globo de Qualidade".[145] Wallace Carvalho, do MSN, citou que a abertura nem aparenta ser criada pela emissora, destacando que a ideia de mostrar o poder da imaginação das crianças casou perfeitamente com a proposta da novela.[146] Jorge Brasil, da revista Contigo!, comentou: "O SBT está dando um banho na Globo no que se refere às aberturas das novelas. A de Carrossel já era uma graça e a de Chiquititas também é muito simpática e criativa. Parabéns!".[147] Uma nova versão da abertura é transmitida desde dia 12 de maio de 2014, contendo os 25 atores mirins da trama.[148]

A novela ganhou o prêmio de Melhor Abertura na Promax Latin América no ano de 2014. Na categoria, também concorriam Globo com a abertura da Fórmula 1 e Record com a de José do Egito.[149]

Elenco[editar | editar código-fonte]

Elenco infantil da telenovela.

Manuela do Monte interpreta Carolina Correia,[150] [151] funcionária do Café Boutique, que foi fundado por José Ricardo (Roberto Frota), também dono do orfanato Raio de Luz.[152] Mili (Giovanna Grigio) foi a primeira a chegar ao orfanato,[153][154] que contêm a travessa Bia (Rayssa Chaddad),[155] seguido dos órfãos Ana (Giulia Garcia), Binho (Gui Vieira), Cris (Cinthia Cruz), Dani (Carolina Chamberlain), Fábio (Naoki Takeda), Janu (Anna Livya Padilha), Lúcia (Bianca Paiva),[156] [157]Maria (Sophia Valverde), Marian (Júlia Gomes), Mosca (Gabriel Santana),[158] Pata (Júlia Olliver),[159] Rafa (Filipe Cavalcante),[160] Samuca (Donato Veríssimo), Tati (Gabriella Saraivah), Thiago (Pedro Henrique) e Vivi (Lívia Inhudes), da boneca Laura (Amanda Furtado), da zeladora Ernestina/Matilde (Carla Fioroni),[161] do cozinheiro Chico (João Acaiabe) e da diretora Sophia (Liza Vieira). Teca (Lorena Tucci), que na adaptação de 1997 se chamava Polyana, é afilhada de Chico e vai morar no orfanato após seu pai morrer.[162]

Junior Almeida Campos (Guilherme Boury) é irmão de Gabriela (Naiumi Goldoni), uma jovem inválida que está sob cuidados de sua tia malvada Carmen (Giovanna Gold) e da governanta Valentina (Sandra Pêra).[163] Tobias (Pedro Lemos) é amigo de Carol e trabalha com Letícia (Amanda Acosta), e é apaixonado pela gerente do Café Boutique, María Cecília (Lisandra Parede), porém sua mãe Eduarda (Virgínia Nowicki) é contra o relacionamento.[81] Beto (Emílio Eric) é um jovem mulherengo e não se interessa por Clarita (Letícia Navas), que tenta conquistar o rapaz.[164] Tanto Eric quanto Navas trabalhavam juntos anteriormente em TV Globinho,[165] programa infantil da Rede Globo.[128] [133]

Daniel Andrade atua como o misterioso "Máscarado", trata-se de Miguel, ex-namorado de Gabriela, que devido a um acidente esconde seu rosto desfigurado. Rico e vaidoso, Duda (Filipe Bragança) é um parente distante da família dos Almeida Campos, filho da prima de Carmen.[81] Juca (Matheus Chequer) fugiu do reformatório em que morava. Ele se unirá a Carmen para fazer várias maldades.[166] Mathias (Thiago Wittner) é um garoto rico que mora com seus pais.[81] Namora Vivi por um tempo, sem saber que ela é órfã. Cinthia (Milena Ferrari) é uma modelo bonita e elegante que precisa interromper sua carreira devido à idade. Usa seu charme para conquistar o empresário Dr. José Ricardo.[81]Ambiciosa e manipuladora, tem o objetivo de conseguir a posse da casa onde funciona o orfanato Raio de Luz, que era propriedade de seus pais e que esconde um tesouro precioso.[166] Cícero, pai de Tati e Vivi, é desempenhado por Ernando Tiago, enquanto João Gabriel interpreta Armando,[167] vilão e braço direito de José Ricardo.[81] [166]

Música[editar | editar código-fonte]

Após o fim das atividades musicais de Carrossel, foi informado que produção musical de Chiquititas continuaria a cargo de Arnaldo Saccomani e Laércio Ferreira, com o SBT Music em parceria com a Building Records[168] para distribuir as obras.[70] [169] Saccomani, que também produziu os discos da edição de 1997, ficou encarregado de ouvir todas as trilhas sonoras da versão para montar o primeiro CD da nova trama, contendo regravações e canções originais.[170] [171] A gravação do primeiro disco começou em 22 de janeiro de 2013 e nos testes de elenco foram priorizadas crianças que cantem e atuem para participarem do álbum.[172] [173] O CD seria lançado trinta dias após a estreia,[174]porém essa data foi adiada para 28 de agosto de 2013 na edição digital[175] e a física para 3 de setembro de 2013. O disco é distribuído com 26 adesivos exclusivos.[176]

No alinhamento estão incluídas faixas como "Sinais", "Até Dez" e "Crescer", além das originais "Abraça o Mundo" e "Sempre Juntos". Também foram realizadas versões de "Palco" de Gilberto Gil, "Quero te Encontrar" de Buchecha, "Erva Venenosa" de Rita Lee, "A Festa Ainda Pode ser Bonita" de Roberto Leal, "Minha Rainha"da banda Tihuana, "Velha Infância" de Marisa Monte e "Grava Essa Ideia" de Grupo é D+.[177] A cantora e apresentadora Priscilla Alcântara revelou através do seu perfil do Twitter que gravou uma canção para a telenovela, "Da Água pro Vinho".[177] [178] Larissa Manoela também gravou uma faixa, "Te Gosto Tanto".[179] Da mesma forma que a novela anterior, todo capítulo foi precedido por algum clipe gravado por algum integrante do elenco. Inicialmente em Chiquititas, aparecia a palavra "clipe" colorida na tela, que indicava a o começo de um videoclipe,[180] [181] tempos depois retirado e passou-se a colocar diretamente o vídeo. A direção dos videoclipes ficou a cargo de Ricardo Mantoanelli.[182] [183] [184] A novela teve cerca de 25 videoclipes gravados, todos filmados em HD.[185]

Repercussão[editar | editar código-fonte]

Audiência[editar | editar código-fonte]

Cquote1.svg Agora a expectativa é o contrário [de Carrossel]. A gente espera que seja uma excelente audiência e pode ser que não seja. É um tiro no escuro que nós vamos dar em repetir um tema, o tema das crianças. Cquote2.svg
Reynaldo Boury, em abril de 2013.[186]

Com uma meta de 7 pontos por capítulo,[23] [187] Chiquititas estreou com 14 pontos na Grande São Paulo, ficando assim na vice-liderança do horário e conseguindo um ponto a mais do que a estreia de Carrossel.[188] [189] A novela, no dia seguinte, manteve uma audiência próxima, com 13 pontos.[20] [190] [191]Carrossel, exibida na faixa da 21h15min, obteve a mesma colocação.[191] Durante o decorrer da semana, a produção perdeu um ponto de audiência a cada dia, terminando a quinta-feira com 11 pontos,[192] contra 27 da Rede Globo e 7 da Rede Record. No dia seguinte, recuperou os 13 que havia conseguido.[193] [194] [195] Mesmo com seus altos e baixos, obteve, durante sua primeira semana, a vice-liderança isolada.[196] [197] [198] Na semana seguinte, quebrou seu próprio recorde, marcando 16 pontos na segunda-feira.[199] Em 5 de agosto de 2013, a telenovela registrou um recorde negativo: pela primeira vez ficou em terceiro lugar, com 10,5 pontos, contra 10,8 da Rede Record,[200] [201] que mudou o tempo de arte doCidade Alerta para coincidir com a atração do SBT.[202] No dia seguinte, empatou com a concorrente, com dez pontos;[203] [204] pouco depois, voltou a vencer da emissora deEdir Macedo.[205] No Rio de Janeiro, a regravação estreou com treze pontos,[191] e durante suas semanas de transmissão, chegou a conquistar 17 pontos.[206] Durante seu primeiro mês, conquistou média de 11 pontos e 17% de share na capital fluminense.[207]

Alguns jornalistas, como os da equipe do portal Boa Informação, compararam os índices aos da primeira versão, dizendo que são praticamente "idênticos".[208] Para Aaron Racanicchi, do TV Foco, os resultados estão em alta por causa de cinco motivos, apontados por ele em uma postagem: O legado de Carrossel, os "ótimos" atores mirins, o fatornostalgia,[A] a abertura e o fato de que apesar de ser voltada para o público infantil, possuir histórias que agradam a todas as idades.[22] Uma pesquisa realizada pelo jornalFolha de S.Paulo revelou que a maioria das pessoas que assistem a novela são do sexo feminino,[209] [210] e que houve um crescimento de 30% do público de 50 anos ou mais em relação à Carrossel. Este público corresponde à 17% do total em Chiquititas, superando os números da outra novela, que eram um total de 13%.[211] Para Fábio Garcia doPOP, a "guerra" de audiência se iniciou na terceira semana de exibição, após a novela não dividir mais seu horário.[212] Além disso, a hashtag #Chiquititas ficou no primeiro lugar dos assuntos mais citados da rede social Twitter.[213]

Em seu decorrer, a novela alcançou índices acima da média da emissora, apesar de ocasiões pontuais de classificação baixa. Na primeira quinzena de novembro de 2013, a média foi de 9,9 pontos, contra 11,2 no mesmo período de outubro e 11,3 em setembro. Na semana iniciada em 18 de novembro, obteve 7 pontos de média, porém o desempenho foi aumentado na quinta-feira (21), com dez pontos.[214] Houve uma queda de 11,5% de audiência na exibição dos 90 primeiros capítulos de Chiquititas em comparação a Carrossel, com média de 11 pontos contra 13 da antecessora.[215] Segundo o portal NaTelinha, foi registrada uma baixa na audiência entre novembro de 2013 e fevereiro de 2014, uma vez que "os adultos começaram a ganhar espaço" e também devido "à falta de publicidade excessiva que tinha [com as crianças de Carrossel] em programas da casa como o Programa do Ratinho, Eliana e Domingo Legal".[216]

Em 2014, por outro lado, ocorreu um crescimento de 45% na audiência até o mês de maio[217] e a trama terminou o ano com a maior média de audiência da programação do SBT, 11 pontos,[218] sendo que o capítulo exibido em 17 de novembro de 2014 registrou sua maior audiência na Grande São Paulo desde a estreia, 15 pontos.[219] Em março de 2015, Chiquititas ocupava a primeira colocação de audiência entre crianças de 4 a 11 anos, com média de 9,6 pontos, e na faixa de 12 a 17 anos, com 8,9 pontos. Com uma média geral de 11 pontos,[220] na reta final passou a perder a vice-liderança para a Rede Record em algumas datas, mesmo mantendo sua audiência estável.[221] Em Goiâniaobteve 16,9 pontos de média em 30 de junho de 2015, ocupando a liderança na capital goiana nesta data,[222] e na Grande São Paulo alcançou 13 pontos em 3 de agosto de 2015, quando passou a dividir espaço com os primeiros capítulos de Cúmplices de um Resgate,[223] mantendo valores estáveis nos dias seguintes.[224] [225] [226] O último capítulo da trama ficou em terceiro lugar na Grande São Paulo, atrás de Os Dez Mandamentos, marcando 13,1 pontos de média e 14,8 de pico, o equivalente a 2 milhões e 528 mil espectadores, enquanto a produção da Record obteve uma média de 14,7.[227]

Avaliação em retrospecto[editar | editar código-fonte]

Manuela do Monte interpretou Carol.

Nilson Xavier (UOL), Gabriel Vaquer (NaTelinha) e Wallace Carvalho (MSN) elogiaram os cenários espaçosos e bonitos, enquanto os dois primeiros criticaram a declamação de textos, que segundo Nilson seria mais do que normal por ser o primeiro trabalho de todas ali, para Gabriel, as crianças "nem ligam pra isso". Gabriel também comentou que os atores foram bem escolhidos, e acrescentou que foi a melhor abertura de todos os tempos na emissora e na TV em geral.[145] Nilson também citou que na abertura da novela já deixou bem claro que a novela foi gravada em São Paulo, diferente das Chiquititas anteriores que por meio de contrato tiveram que filmar em Buenos Aires, por causa de sua detentora Telefé. Ele criticou apenas o período de exibição da novela, que deverá conter a mesma duração de Carrossel — cerca de um ano, o que cansa os telespectadores.[228]

Para Wallace, a trama repetiu os mesmos erros e virtudes de Carrossel. Segundo ele, os atores experientes não conseguiram achar o tom nos personagens para um folhetim infantil, ao contrário dos mirins, exceto Giulia Garcia, que interpreta Ana, por conta de seu personagem mais depreciativo. No roteiro, Íris Abravanel juntamente com sua equipe foi elogiada pela evolução na criação dos textos, mas foram criticados pela falta de diálogos fortes. Nos clipes, Wallace citou a falta de ensaios nas coreografias e que este fato pode ser tão importante quanto os textos. Na abertura com "Remexe", ele citou que o mesmo nem aparenta ser criada pela emissora, destacando que a ideia de mostrar o poder da imaginação das crianças casou perfeitamente com a proposta da novela. Finalizando, ele citou que foi mantida a coreografia original e ainda colocaram o elenco adulto para dançar.[146]

Patrícia Kogut do jornal O Globo notou que "Na estrutura, Chiquititas — direção-geral de Reynaldo Boury — não se distancia da versão de 97. É o mesmo orfanato habitado por personagens tipificados: a líder de boa cabeça, a invejosa, a engraçada, a gulosa etc." Para ela, a decisão de exibir uma novela infantil "atrás da outra" acaba tornando-se uma ideia "sensata" se levarmos em conta o público "fiel" de Carrossel. Ela terminou dizendo que "é um conto de fadas com final previsível, mas correto".[229] [230] Jorge Brasil da Contigo! elogiou as sete internas do orfanato Raio de Luz, o núcleo dos garotos de rua, os clipes e os coadjuvantes. Ele destacou Giovanna Grigio e Rayssa Chaddad, citando-as como "maravilhosas". Jorge criticou apenas os personagens de Manuela do Monte e Guilherme Boury e o cenário que, de acordo com ele, parece "de papelão".[147]

Thiago Azanha, do site da revista Caras, ascendeu a semelhança de Giovanna Grigio, atriz que interpreta Mili, com Fernanda Souza, que havia interpretado o papel nas versões anteriores, e que Chico, interpretado por João Acaiabe, apresenta semelhanças a Gésio Amadeu, acrescentando que todos lembram muito seus personagens anteriores. Ele também disse que os atores que vivem na rua foram exibidos no primeiro episódio, ao contrário do feito anterior, em que eles foram apresentados somente quatro meses depois. Thiago também elogiou o cenário, dizendo que ele é lúdico e colorido, o que faz com que a criança fique mais atenta aos detalhes. Por fim, ele disse que as crianças não ficaram sem uma "história leve e divertida na faixa noturna [e] [que] o SBT provou, mais uma vez, que sabe fazer novelas para o público infantil num tom familiar".[231] José Armando Vannucci, do blog Parabolica, elogiou a fotografia, a cor, o ritmo e o elenco infantil, além do texto que segundo ele aparenta ser de fácil entendimento ao seu foco — as crianças. Também elogiou como o primeiro clipe foi inserido na trama.[20]

Reação do elenco de 1997[editar | editar código-fonte]

O elenco da versão de 1997 reagiu bem à refilmagem. A atriz Flávia Monteiro, que interpretou Carolina na versão original, disse ter certeza de que seria um sucesso. "Eu tenho certeza de que será um grande sucesso. Eu espero que eles mantenham a magia e a sensibilidade. [...] É importante não perder o lúdico e a alegria que existia", comentou.[17]Fernanda Souza também demonstrou pensamentos positivos quanto à nova versão, estatando que "Chiquititas foi um trabalho muito bonito e é o que as adolescentes e as crianças de hoje estão precisando. Era uma novela inocente em tudo: na história, nos cenários, nas músicas, nos figurinos. É essa inocência que está em falta hoje em dia". Quanto à interpretação de Mili, ela disse que "foi um papel muito especial" para si, e que tinha certeza de que "marcaria a vida da atriz que a interpretasse no remake".[232]Fernanda também conheceu Giovanna Grigio, intérprete de Mili, e a desejou "toda sorte do mundo".[233] Já o humorista Nelson Freitas, que fez o papel de Dr. Fernando, disse que a novela com certeza trará bons resultados, mas que não terá "a força" da original.[234]

Não se pode negar que Chiquititas foi um marco na TV Brasileira, uma febre que tomou toda uma geração infanto-juvenil nos anos 90, licenciando toda sorte de produtos e ganhando significativos pontos no Ibope. Acredito que o remake venha a ter um bom resultado, porém, a força do ineditismo que teve a primeira versão será um desafio suplantar.

 

Dos temas abordados[editar | editar código-fonte]

 
"A criança tem de aprender desde o início a conviver com as diferenças".
—Íris Abravanel.[235] [236]

Pouco antes à estreia, a autora do folhetim, Íris Abravanel, comentou que equilibraria temas densos, como o bullying e abandono, com música e mensagens de esperança.[235] [236] O bullying é um tema que a escritora já havia incluído em trabalhos anteriores, como em Carrossel,[237] [238] que o personagem Cirilo (Jean Paulo Campos) sofria com o racismo de sua paixão esnobe Maria Joaquina (Larissa Manoela).[239] [240] Ambos personagens foram bastante comentados à época da exibição.[241] Foi revelado por João Fernando do O Estado de S. Paulo que a telenovela também trataria de temas da internet. A escritora chegou a comentar o assunto, dizendo que ela trataria sobre a "mudança na vida das crianças, que se envolvem demais com o computador e se esquecem da família. Vai ter blog, essas parafernálias todas. Não dá para deixar de fora, as crianças estão conectadas." Íris também disse que não fez muita pesquisa para fazer os textos dos órfãos.[19]

Prêmios e indicações[editar | editar código-fonte]

A protagonista Giovanna Grigio, intérprete de Mili, foi indicada ao Prêmio Extra de Televisão, organizado pelo jornal homônimo, na categoria de "atriz mirim".[242] Pelo prêmio Melhores do Ano, promovido pelo portal NaTelinha da UOL, Chiquititas foi selecionada para concorrer como "melhor novela" e Giovanna para "atriz revelação" e "atriz mirim".[243] [244] Ainda, patrocinado pelo mesmo servidor, a Retrospectiva UOL, enquete de premiação anual, indicou a autora à categoria de "melhor novela" e os personagens Mosca e Mili, de Gabriel Santana e Giovanna Grigio, para "melhor par romântico".[245] Cinthia Cruz recebeu uma condecoração da revista Top Business por sua atuação como Cris, na categoria de "atriz mirim revelação".[246]

O troféu Imprensa é uma premiação anual que avalia a televisão e a música conforme a escolha de dez formadores de opinião. Nesta entrega, a história foi indicada à "melhor novela", mas perdeu para Amor à Vida. O troféu Internet é semelhante, mas é entregue conforme opinião pública. A trama foi selecionada à categoria de "melhor novela",Guilherme Boury, João Acaiabe e Gabriel Santana foram indicados à "melhor ator", enquanto Carla Fioroni à "melhor atriz". Giovanna Grigio e Rayssa Chaddad representaram a obra na categoria "revelação".[247] Nesta entrega, a obra televisiva não recebeu nenhum prêmio.[248] No prêmio organizado pela revista Minha Novela, Giovanna Grigio e Gabriela Saraivah foram selecionadas para concorrer em "melhor atriz infantil".[249]

Ano Prêmio Categoria Indicação Resultado
2013 Prêmio Extra de Televisão Melhor atriz mirim Giovanna Grigio Indicada
Retrospectiva UOL Melhor novela Íris Abravanel Indicada
Melhor par romântico Gabriel Santana & Giovanna Grigio Indicado
Melhores do Ano NaTelinha Melhor novela Íris Abravanel Vencedora
Atriz revelação Giovanna Grigio Vencedora
Melhor atriz mirim Vencedora
Top Business Atriz mirim revelação Cinthia Cruz Vencedora
2014 Troféu Imprensa Melhor novela Íris Abravanel Indicada
Troféu Internet Melhor novela Indicada
Melhor ator João Acaiabe Indicado
Guilherme Boury Indicado
Gabriel Santana Indicado
Melhor atriz Carla Fioroni Indicada
Revelação Giovanna Grigio Indicada
Rayssa Chaddad Indicada
Prêmio Minha Novela Melhor atriz infantil Gabriella Saraivah Vencedora
Giovanna Grigio Indicada
Prêmio Contigo! de TV Novela do Ano Íris Abravanel Indicada
Melhor Autor de Novela Indicada
Melhor Ator Infantil Filipe Cavalcante Indicada
Gabriel Santana Indicada
Melhor Atriz Infantil Giovanna Grigio Indicada
Melhor Diretor de Novela Reynaldo Boury Indicada
Melhores do Ano NaTelinha Melhor Novela Íris Abravanel Vencedora
Ator/atriz mirim ou adolescente Giovanna Grigio Vencedora

 

Produtos[editar | editar código-fonte]

Da mesma forma que Carrossel, deverão ser lançados diversos produtos para divulgar o folhetim. De acordo com o diretor comercial do SBT, Glen Valente, inicialmente serão 350 tipos de produtos com a marca,[250] e a estimativa é que supere a marca de 500 produtos licenciados, número superior à novela exibida anteriormente, onde foram distribuídos 350 produtos.[251] "Estamos prevendo que Chiquititas gere mais de 350 itens, de diferentes tipos. Desde o ano passado estamos fazendo o planejamento comercial da novela e temos certeza de que os números vão superar os ótimos resultados de Carrossel", comentou Valente.[250] Primeiramente serão lançados 40 produtos, contra 30 da novela anterior, e os outros serão vendidos ao longo da trama. O faturamento esperado era de mais de R$ 100 milhões,[24] marca ultrapassada ainda no primeiro ano na novela, chegando a ter crescimento de 25% em relação à antecessora, Carrossel.[252]

Chiquititas estreou com cinco cotas de patrocínio vendidas. As mesmas empresas que patrocinaram a novela anterior também contribuíram com esta, são elas: Omo, Lifebuoy, Vim, Chamyto e Cacau Show.[250] De acordo com a emissora, não será utilizada nenhuma criança na ação de merchandising.[253] Dentre os produtos licenciados, foram lançados bonecas, materiais escolares, brinquedos diversos e decoração para festas.[254] A rede de fast-fashion C&A fechou parceria com o SBT e produziu uma linha de roupas baseada nos personagens da novela. Ela foi desenvolvida em março e lançada em novembro de 2013.[255] A editora Panini licenciou o lançamento de um livro ilustrado,[256] enquanto a Editora Abril lançou uma revista oficial da trama, com entrevistas e fotos[257] e a On Line Editora ficou responsável por outros lançamentos, como livros e revistas educativas.[258] Todos dos os produtos, além de vendidos nas lojas por todo o país, podem ser obtidos também através da SBT Store, a loja oficial da emissora,[259]criada em parceria com a BandUp!, empresa especializada em lojas virtuais customizadas.[260]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Notas[editar | editar código-fonte]

A - Racanicchi citou "o fator nostalgia" devido a que tanto Carrossel quanto Chiquititas já foram exibidas anteriormente no SBT.[22]

Elenco de Chiquititas (2013)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
NoFonti.svg
Esta página ou secção cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo (desde dezembro de 2013). Por favor, adicione mais referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Material sem fontes poderá serremovido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
 

Chiquititas é uma telenovela brasileira produzida pelo Sistema Brasileiro de Televisão e exibida entre 15 de julho de 2013[1] [2] e 14 de agosto de 2015, com 545 capítulos.[3]Escrita por Íris Abravanel com a supervisão de texto de Rita Valente e a colaboração de Carlos Marques, Fany Higuera, Gracy Iwashita, Gustavo Braga e Marcela Arantes,[4] o folhetim inspirou-se na telenovela argentina homônima, de Cris Morena, que também deu origem à primeira versão brasileira, autoria de Gustavo Barrios e Patrícia Maldonado. A decisão de produzir alguma obra surgiu por parte de Daniela Beyruti, diretora da emissora, visando manter a mesma repercussão obtida por Carrossel. Entre Chiquititas eCarita de ángel, a decisão - vista com receio por funcionários do SBT - foi de gravar o texto de Cris Morena. O roteiro começou a ser desenvolvido em outubro de 2012 por Abravanel, entregue em fevereiro de 2013 para a equipe e o elenco, que havia definido em novembro. Com trinta capítulos já prontos, o folhetim começou suas filmagens em 18 de fevereiro.

participações especiais, em que atores exercem pequenos papéis, geralmente limitando-se a um único capítulo. Manuela do Monte, e Giovanna Grigio interpretarm os personagens principais Carolina Correia e Milena Pereira.[5] numa trama que narra o cotidiano do orfanato Raio de Luz, onde a garota, apelidada como Mili, convive com as demais crianças apesar da tristeza de não ter uma família unida. Na versão original, as personagens principais Fernanda Souza[6] [7] e Flávia Monteiro.[8] [9] Gabriel Santana,Júlia Olliver, Cinthia Cruz, Lívia Inhudes, Raissa Chaddad, Gabriella Saraivah, Giulia Garcia, Carolina Chamberlain, Sophia Valverde, Donato Veríssimo, Gui Vieira, Filipe Cavalcante, João Acaiabe, Carla Fioroni e Liza Vieira interpretaram os demais papéis principais da história, além de Júlia Gomes que interpretou a vilã da novela[10] O bullying e o abandono infantil foram assuntos tratados na história, além da era digital atual, introduzindo "blogs e essas parafernálias todas", de acordo com a própria autora. Inclui ainda entre seus assuntos principais a puberdade, período em que ocorrem mudanças biológicas e fisiológicas no corpo infantil.

 

 

Elenco[editar | editar código-fonte]

Em ordem de abertura[editar | editar código-fonte]

Ator Personagem Notas
Guilherme Boury José Ricardo Almeida Campos Júnior (Júnior) Protagonista
Manuela do Monte Carolina Correa da Silva (Carol) Protagonista
Amanda Acosta Letícia Esteves Dias Participação afetiva
Beto Nasci Oscar Schneider Recorrente
Brunna Martins Renata Participação afetiva
Carla Fioroni Ernestina Alves Co-protagonista
Matilde Alves Co-antagonista
Cláudia Cavalheira Mariana Almeida Campos Recorrente
Daniel Andrade Miguel Braga Pereira ("Mascarado") Protagonista
Elaine Cristina Helena Kreguer Coadjuvante
Emílio Eric Surita Alberto Correia da Silva (Beto) Coadjuvante
Ernando Tiago Cícero Estevão Coadjuvante
Felipe Folgosi Geraldo Gaspar Coadjuvante
Flávia Viana Profª.Flávia Secundária
Giovanna Gold Carmen Aparecida Almeida Campos / Eliane Pereira / Falsa Valentina Antagonista
Homero Ligere Francis Dumont Coadjuvante
Jitman Vibranovski Simão Coadjuvante
João Acaiabe Francisco Santos (Chico) Co-protagonista
João Gabriel Vasconcellos Armando Ferreira / Falso Miguel Coadjuvante
Letícia Navas Clara Lemes (Clarita) Coadjvante
Lisandra Parede Maria Cecília Bittencourt Schneider Coadjuvante
Liza Vieira Sofia Participação afetiva
Maurício Machado Edgard Coadjuvante
Milena Ferrari Cintia Wernner / Wanessa Castro Co-antagonista
Naiumi Goldoni Gabriela Almeida Campos Protagonista
Olívia Araújo Shirley Santana Coadjuvante
Patrícia Gasppar Graziele Tavares Recorrente
Paulo Leal Fernando Brausen Secundário
Pedro Lemos Tobias Ramos / Tomas Ferraz  Co-coadjuvante
Sâmia Abreu Érica Mello Coadjuvante
Sandra Pêra Valentina Braga Pereira Coadjuvante
Thaís Pacholek Andréia Casteli Co-antagonista
Valéria Sândalo Glória Costa (Glorinha) Recorrente
Virgínia Novick Eduarda Bittencourt Coadjuvante
Roberto Frota José Ricardo Almeida Campos Participação afetiva

Crianças e Adolescentes em ordem alfabética[editar | editar código-fonte]

Ator Personagem Papel
Alexandre Bittencourt Domingos (Tatu) Coadjuvante
Amanda Furtado Boneca Laura (Laurinha) Co-protagonista
Anna Livya Padilha Janu Coajuvante
Bianca Paiva Lúcia Kreguer Co-protagonista
Bruna Carvalho Isabel Ribeiro (Bel) Co-protagonista
Carolina Chamberlain Daniela Esteves Mendes (Dani) Co-protagonista
Cinthia Cruz Cristina Lima (Cris) Protagonista
Donato Veríssimo Samuel (Samuca) Co-protagonista
Filipe Bragança Eduardo Almeida Campos (Duda) Secundário
Filipe Cavalcante Rafael (Rafa) Co-protagonista
Gabriella Saraivah Tatiane Estevão (Tati) Protagonista
Gabriel Pereira Diego Casteli Secundário
Gabriel Santana Felipe Tavares (Mosca) Co-protagonista
Giovanna Grigio Milena Almeida Campos Pereira (Mili) Atriz principal
Giulia Garcia Luciana (Ana) Protagonista
Gui Vieira Rubens (Binho) Co-protagonista
João Pedro Carvalho João Costa (Janjão) Coadjuvante
Júlia Gomes Marian Alverte Antagonista principal
Júlia Olliver Patrícia Tavares (Pata) Co-protagonista
Kaik Francisco Neco Co-protagonista
Lívia Inhudes Viviane Estevão (Vivi) Protagonista
Lorena Tucci Teca Lins Coadjuvante
Matheus Chequer Juca Secundário
Matheus Lustosa André Recorrente
Naoki Takeda Fábio Shen Participação afetiva
Pedro Henrique Thiago Moraes Co-protagonista
Rafael Miguel Paçoca Recorrente
Raissa Chaddad Beatriz Gaspar (Bia) Protagonista
Renê Thristan João Pedro Ribeiro (JP) Participação afetiva
Sophia Valverde Maria Co-protagonista

Participações especiais[editar | editar código-fonte]

Ator Personagem
Adriana Alencar Valdeniza Soares
Estefânia Gomes
Adriana Del Claro Martha Linhares
Aldine Muller Vera Lemes
Ana Paula Vieira Linda Ribeiro
Antônio Neves Coveiro
Ariel Goldenberg Danilo
Ariel Moshe Profº.Teófilo (Téo)
Arlindo Grund (Ele mesmo)
Bernardo La Roque Robert
Bibi Menegon Empregada de Cintia
Breno Furlan Bernardo
Bri Fiocca Profª.Gertrudes
Bruna Thedy Tamires Ramos
Bruno Autran Bruno Mendes Ayala
Carina Sacchelli Leandra Gaspar
Carlo Briani Pedro Ayala
Carlos Fariello Charles Tony
Carlos Mariano Dedinho
Claudiane Carvalho Rita
Cris Rodrigues Tábata Ramos
Daniel Morozetti Rui Salgado
Daniel Ortega Funcionário do Juizado de Menores
David Pereira Antônio (Toninho)
Duda Bündchen (Ela Mesma)
Érika Zanão Condessa Natasha Dracuia
Eduardo Boadstein Funcionário do colégio
Eduardo Fraga Alfredo Ferrashi
Eliana (Ela mesma)
Eliana Ferraz Médica de Letícia
Fabiana Alvarez Joana
Fábio Cador Paulo Linhares
Fernanda Venturini Ela mesma
Fernando Rocha Ulisses Franco
Gabriela Rosas Nicolette Chavellier
Giovanni Venturinni Dr.Golias Pequenoti
Giovani Braz Edgar
Giovanna Boscolo Michelle Kubitschek Bragança
Giovanna Vargas Priscila Mendonça Real
Glauce Graieb Regina Bittencourt
Guilherme Lopes Raul
Gustavo Hariri Ladrão do reformatorio
Herbert Richards Lobo
Isabella Moreira Debora Bourbon de Albuquerque
Jaime Leibovich Juiz Maia
João Signorelli Joaquim
Johnnas Oliva Vitor
Juliana Calderón Sabrina Linz
Júlio Félix Rapaz Nerd
Karla Malandro Barbara
Livia Andrade Barbara Piaghet
Luis Carlos Bahia Inocencio da Sanfona
Mario Sergio Pretini Durval da Silva
Mateus Carrieri Luis Lemes
MC Gui (Ele mesmo)
Monique Lafond Gilda Ramos
Nando Prado Conde Vlade Nosferatovski
Nelly Trindade Kelly Keller
Olivetti Herrera Dr. Roberto
Oscar Schmidt (Ele Mesmo)
Osvaldo Lot Treinador Nelson (Nelsão)
Paulo Goulart Filho Marcelo Mattos
Pedro Henrique Montinho Robson Nunes
Renata Zhaneta Elisa
Renato Scarpin Diretor Reinaldo
Ricardo Pepe Johnny Queen
Ricardo Vandré Miltom
Roberto Leal (Ele Mesmo)
Rodrigo Feldman François Chavellier
Rodrigo Santos Gagueira
Sonia Guedes Nina Correia
Tania Castello Angela Correia
Osvaldo Romano Heitor Ribeiro
Marlei Cevada Veronica
Thiago Wittner Matias Ferrashi
Marcelo Góes Dr. Dourado
Luis Amorim Dr. Mendes
Zedú Neves Diretor da Peça

Ver também[editar | editar código-fonte]

Música de Chiquititas (2013)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
NoFonti.svg
Esta página ou secção cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo (desde junho de 2014).Por favor, adicione mais referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Material sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
 

Chiquititas é uma telenovela brasileira produzida pelo Sistema Brasileiro de Televisão e exibida entre 15 de julho de 2013 e 14 de agosto de 2015.[1] [2] Escrita originalmente por Cris Morena, adaptada por Íris Abravanel[3] e dirigida por Reynaldo Boury, é baseada na telenovela argentina homônima, que também inspirou a primeira versão brasileira, autoria de Gustavo Barrios e Patricia Maldonado. É uma obra representativa na história da teledramaturgia do SBT por, além de ser a terceira novela a retomar a produção derefilmagens da emissora, conseguir uma audiência infanto-juvenil e índices não conquistados por nenhuma produção anterior, com exceção de Carrossel, que a antecedeu.

Para a distribuição, o SBT fechou uma parceria com a Building Records, que também foi a responsável pelos CD e DVD e Carrossel. Todos os discos de Chiquititas foram lançados em embalagem digipack.

 

 

Lançamentos[editar | editar código-fonte]

Chiquititas[editar | editar código-fonte]

Chiquititas
Álbum de estúdio de Vários artistas
Lançamento 11 de setembro de 2013
Gravação 2012/2013
Gênero(s) Pop, Infantil
Duração 59 minutos
Idioma(s) Português
Formato(s) CD, download digital
Gravadora(s) SBT Music (gravadora)
Building Records (distribuidora)
Produção Arnaldo Saccomani, Laércio Ferreira
Certificação Gold record icon.svg Ouro - ABPD
Cronologia de Vários artistas
 
Chiquititas Vol.2j
Próximo
Próximo

foi informado que produção musical de Chiquititas continuaria a cargo de Arnaldo Saccomani e Laércio Ferreira, com o SBT Musicem parceria com a Building Records[4] para distribuir as obras.[5] Saccomani, que também produziu os discos da edição de 1997, ficou encarregado de ouvir todas as trilhas sonoras da versão para montar o primeiro CD da nova trama, contendo regravações e canções originais.[6] [7] A gravação do primeiro disco começou em 22 de janeiro de 2013 e nos testes de elenco foram priorizadas crianças que cantem e atuem para participarem do álbum.[8] [9] O CD seria lançado trinta dias após a estreia,[10] porém essa data foi adiada para 28 de agosto de 2013 na versão digital[11] e a versão física para 3 de setembro de 2013. O disco é distribuído com 26 adesivos exclusivos.[12]

No alinhamento estão incluídas faixas como "Sinais", "Até Dez" e "Berlinda" e o único single nacional da trilha sonora, "Coração com Buraquinhos", além das originais "Abraça o Mundo" e "Sempre Juntos". Também foram realizadas versões de "Palco" de Gilberto Gil, "Quero te Encontrar" de Buchecha e "Grava Essa Ideia" de Grupo é D+.[13] A cantora e apresentadora Priscilla Alcântara revelou através do seu perfil do Twitter que gravou uma canção para a telenovela, "Da Água pro Vinho".[13] [14] Da mesma forma que a novela anterior, todo capítulo será precedido por algum clipe gravado por algum integrante do elenco.[15] [16] A direção dos videoclipes fica a cargo de Ricardo Mantoanelli.[17] [18] [19] O CD alcançou um sucesso iminente vendendo 60.000 cópias conquistando assim Disco de Ouro.

 faixas

  1. 1 Remexe
  2. 2 Todo Mundo Chique
  3. 3 Berlinda
  4. 4 Sinais
  5. 5 Te Gosto Tanto
  6. 6 Palco
  7. 7 O Chefe Chico
  8. 8 Mentirinhas
  9. 9 Quero Te Encontrar
  10. 10 Tudo Tudo
  11. 11 Grava Essa Idéia
  12. 12 Amigas
  13. 13 Até Dez
  14. 14 Abraça O Mundo
  15. 15 Igual Aos Demais
  16. 16 Coração Com Buraquinhos
  17. 17 Da Água Pro Vinho
  18. 18 Sempre Juntos

Chiquititas Vídeo Hits[editar | editar código-fonte]

Chiquititas Vídeo Hits
Álbum de vídeo de Vários artistas
Lançamento setembro de 2013
Gravação 2013
Gênero(s) Pop, Infantil
Duração 48 minutos
Idioma(s) Português
Formato(s) DVD
Gravadora(s) SBT Music (gravadora)
Building Records (distribuidora)
Diretor(es) Ricardo Mantoanelli
Produção Arnaldo Saccomani, Laércio Ferreira
Certificação Disco de Ouro
Cronologia de Vários artistas
 
Chiquititas Vídeo Hits Vol.2
Próximo
Próximo


Com os vídeos clipes da trilha sonora de Chiquititas, que são exibidos na telenovela adaptada pela autora Iris Abravanel e com direção-geral de Reynaldo Boury, o DVD ‘Chiquititas Vídeo Hits’ chega às lojas de todo o Brasil com tiragem inicial de 50 mil cópias a partir da última semana de setembro. A direção dos clipes é de Ricardo Mantoanelli e a direção musical de Arnaldo Saccomani e Laércio Ferreira.

Lançamento do SBT Music em parceria com a Building Records, que é a gravadora oficial de Chiquititas, o primeiro DVD da telenovela é composto por 13 grandes vídeos clipes de canções que embalam o dia a dia dos personagens do Orfanato Raio de Luz e Café Boutique. O produto ainda traz extras especiais, com making off, slideshow de fotos e um clipe de cena da música Palco. E mais, o DVD também inclui um pôster autografado por todas as chiquititas e chiquititos.

Primeiro Dvd (1)[20]  
N.º Título Música Personagem Duração  
1. "Remexe (Rechufas)"   Coro Chiquititas Tema de Abertura  
2. "Todo Mundo Chique"   Coro Chiquititas Meninas  
3. "Tudo Tudo (Todo Todo)"   Coro Chiquititas (Tema de Locação: Raio de Luz)  
4. "Até Dez (Hasta Diez)"   Coro Chiquititas (Tema de Locação: Raio de Luz)  
5. "Igual aos Demais (Igual a los demás)"   Júlia Olliver Pata  
6. "Mentirinhas (Mentiritas)"   Giovanna Grigio e Gabriella Saraivah Tati  
7. "Abraça o Mundo"   Giovanna Grigio Mili  
8. "Grave Essa Ideia"   Guilherme Boury e Manuela do Monte Júnior e Carol  
9. "Sinais (Señales)"   Coro Chiquititas Ernestina (Tema de Locação: Raio de Luz)  
10. "Berlinda (A Berlin)"   Coro Chiquititas (Tema de Locação: Raio de Luz)  
11. "Oh Carol"   Guilherme Boury Junior  
12. "A Festa Ainda Pode Ser Bonita"   Pedro Lemos Tomás Ferraz  
13. "Palco"   Gabriel Santana, Filipe Cavalcante & Gui Vieira Meninos (Clipe de Cena)  
14. "Making Off"        
15. "Slide Show de Fotos"      

Chiquititas Vol. 2[editar | editar código-fonte]

Chiquititas vol.2
Álbum de estúdio de Vários artistas
Lançamento dezembro de 2013
Gravação 2013
Gênero(s) Pop, Infantil
Duração 58 Minutos
Idioma(s) Português
Formato(s) CD, download digital
Gravadora(s) SBT Music (gravadora)
Building Records (distribuidora)
Produção Arnaldo Saccomani, Laércio Ferreira

O CD Chiquititas Volume 2 é composto por 17 grandes sucessos que embalam as emoções do dia a dia dos personagens da telenovela. Mais uma vez, o CD é composto por músicas clássicas da primeira versão refeitas pelos atores do remake para essa versão, tais como "Era Uma Vez", "Crescer" e "Me Passam Coisas", todas cantadas por Giovanna Grigio, interprete da personagem Mili. Também composto com músicas de outros artistas estão as canções "Minha Rainha" do grupo Tihuana, tema do personagem Beto e "Depende De Nós" do compositor Ivan Lins acompanhado com o coro das crianças. Entre outros também tem a música "Party All Night" da boyband brasileira The Destiny e "When Will You Come" do cantor Arnold McCuler, tema do casal Tobias e Maria Cecília. O CD Chiquititas Vol. 2 foi muito bem recebido aclamando a 6ª posição entre os 10 CDs mais vendidos no Brasil em Janeiro e o 9º CD mais vendido em Abril de 2014. 

E mais: Os produtos contém brindes exclusivos. O CD vem acompanhado de imãs da telenovela.  

Confira a ordem das músicas do CD Chiquititas Volume 2:

Segundo CD (2)  
N.º Título Música Personagem Duração  
1. "Amigas"   Coro Chiquititas Meninas 03:32
2. "Piripaque"   Gang do Eletro Ernestina 02:28
3. "A Festa Ainda Pode Ser Bonita"   Pedro Lemos Tomas Ferráz 03:11
4. "Me Passam Coisas (Me Pasan Cosas)"   Giovanna Grigio Mili & Mosca 03:41
5. "Pirueta"   Parlapatões Crianças 03:02
6. "Amizade"   R2*D3   03:45
7. "Era Uma Vez (Habia Uña Vez)"   Giovanna Grigio Mili 04:00
8. "Se Uma Estrela Aparecer"   Maria Diniz   02:41
9. "Cara de Pau"   Natália Subtil Clarita e Érica 03:09
10. "Minha Rainha"   Tihuana Beto 03:37
11. "Rua Deserta"   Ivan Nilson & Thais Nascimento Carol & Júnior 03:41
12. "Depende de Nós"   Ivan Lins & Coro Chiquititas Crianças 04:26
13. "Crescer (Crecer)"   Giovanna Grigio Mili 03:44
14. "Palavrinhas Mágicas"   Giovanna Vampesi   03:00
15. "De Noitinha"   Pequeno Cidadão Geral 04:05
16. "Party All Night"   The Destiny Festas 03:21
17. "When Will You Come"   Arnold McCuler Maria Cecília & Tobias 03:13

Chiquititas Vídeo Hits Vol. 2[editar | editar código-fonte]

Chiquititas Vídeo Hits Vol. 2
Álbum de vídeo de Vários artistas
Lançamento dezembro de 2013
Gênero(s) Pop, Infantil
Idioma(s) Português
Formato(s) DVD
Gravadora(s) SBT Music (gravadora)
Building Records (distribuidora)
Diretor(es) Ricardo Mantoanelli
Produção Arnaldo Saccomani, Laércio Ferreira
Cronologia de Vários artistas
Último
Último
Chiquititas Vídeo Hits Vol.1
Chiquititas Vídeo Hits Vol.3
Próximo
Próximo

O segundo DVD da novela, intitulado Chiquititas Video Hits Vol. 2 contém 19 videoclipes de sucesso que são tema da novela Chiquititas, contendo músicas interpretadas pelos atores da novela e por outros artistas. Alguns dos clipes interpretados por bandas e/ou grupos é a música "Minha Rainha" do grupo Tihuana, "Piripaque" da Gangue do Eletro que é tema da zeladora Ernestina, "De Noitinha", "Party All Night" da boyband brasileira The Destiny, "Amigas" pela cantora e apresentadora Danny Pink dentre outros sucessos. Interpretrado pelos atores da novela estão presentes novos videoclipes "Amigas", "Palco" "O Chefe Chico" e outras versões dos clipes de "Tudo Tudo" "Remexe" e "Todo Mundo Chique". Pelos adultos estão presentes os clipes "A Festa Ainda Pode Ser Bonita" por Pedro Lemos onde seu personagem Tomas Ferraz faz um show, "Eu Sei Não Sou" da banda Frater5 por Letícia Navas, onde sua personagem Clarita canta em um bar e a música "Se Uma Estrela Aparecer" interpretado por Amanda Acosta, onde sua personagem Letícia canta em um show. Alguns extras estão inclusos como o making-of do clipe "Amigas" e um vídeo onde Mili ensina a coreografia da música "Remexe".

A direção dos clipes é de Ricardo Mantoanelli e a direção musical de Arnaldo Saccomani e Laércio Ferreira

Segundo DVD (2)  
N.º Título Música Personagem(ns) Duração  
1. "Todo Mundo Chique"   Coro Chiquititas Meninas(Tema de Locação: Raio de Luz)  
2. "Remexe (Rechufas)"   Coro Chiquititas Abertura  
3. "Tudo Tudo (Todo Todo)"   Coro Chiquititas Crianças (Tema de Locação: Raio de Luz)  
4. "Palco"   Gabriel Santana, Filipe Cavalcante e Gui Vieira Meninos  
5. "O Chefe Chico (El Cheff Saveiro)"   João Acaiabe Chico  
6. "Amigas Pra Sempre"   Coro Chiquititas Meninas  
7. "A Festa Ainda Pode Ser Bonita"   Pedro Lemos Tomas Ferráz  
8. "Se Uma Estrela Aparecer"   Amanda Acosta    
9. "Piripaque"   Gang do Eletro Ernestina  
10. "De Noitinha"   Pequeno Cidadão Geral  
11. "Minha Rainha"   Tihuana Beto  
12. "Qq Isso Lelek"   Os Leleks    
13. "Amigas"   Danny Pink    
14. "Meu Anjinho"   Pequeno Cidadão    
15. "Eu Sei Não Sou"   Letícia Navas & Frater 5 Clarita  
16. "Party All Night"   The Destiny    
17. "Todo Mundo Chique"   Coro Chiquititas Meninas(Tema de Locação: Raio de Luz)  
18. "Remexe (Rechufas)"   Coro Chiquititas Abertura  
19. "Amigas"   Coro Chiquititas Meninas

Chiquititas Remix[editar | editar código-fonte]

Chiquititas Remix
Álbum de estúdio de Vários artistas
Lançamento Julho de 2014
Gênero(s) Pop, Infantil,Remix
Duração 42:35
Idioma(s) Português
Formato(s) CD, download digital
Gravadora(s) SBT Music (gravadora)
Building Records (distribuidora)
Produção Arnaldo Saccomani, Laércio Ferreira
Cronologia de Vários artistas
Último
Último
Chiquititas Vol.2
Chiquititas Vol.3
Próximo
Próximo


O CD Chiquititas Remix é o terceiro CD da novela Chiquititas lançado pela SBT Music em parceria com a Building Records. Este CD contem trilhas da novela em um formato dançante e totalmente remix! Maior parte das canções estão presentes no CD Vol. 1 da trama só que em um formato remix para animar suas festas. O CD tambem contem uma música ainda não presente nos outros CDs "Um Dia, Um Adeus" em um formato remixado.

E mais: Comprando o CD Chiquititas Remix original você ganha de brinde uma pulseira da novela.

Confira a ordem das músicas do CD Chiquititas Remix:

CD Remix  
N.º Título Música Personagem Duração  
1. "Remexe (Remix)"   Coro Chiquititas Crianças 02:48
2. "Todo Mundo Chique (Remix)"   Coro Chiquititas Meninas 02:53
3. "Amigas (Remix)"   Danny Pink Meninas 03:11
4. "Sinais (Remix)"   Coro Chiquititas Ernestina 01:37
5. "Palavrinhas Mágicas (Remix)"   Giovana Vampesi   02:30
6. "O Chefe Chico (Remix)"   João Acaiabe Chico 02:04
7. "Berlinda (Remix)"   Coro Chiquititas Crianças 02:16
8. "Abraça o Mundo (Remix)"   Giovanna Grigio Mili 03:19
9. "Tudo Tudo (Remix)"   Coro Chiquititas Crianças 02:14
10. "Até Dez (Remix)"   Coro Chiquititas Crianças 01:58
11. "Quero Te Encontrar (Remix)"   Giseli Soares Maria Cecilia 03:02
12. "Sempre Juntos (Remix)"   Coro Chiquititas Crianças 03:04
13. "Minha Rainha (Remix)"   Tihuana Beto 03:21
14. "Um Dia, Um Adeus (Remix)"   Nanda Bell Clarita 04:17
15. "Rua Deserta (Remix)"   Ivan Nilson & Thais Nascimento Carol & Junior 03:08
16. "Party All Night (Remix)"   The Destiny Festas 03:39

Chiquititas Vídeo Hits Volume 3[editar | editar código-fonte]

Chiquititas Vídeo Hits Vol. 3
Álbum de vídeo de Vários
Lançamento setembro de 2014
Gênero(s) Pop, Infantil
Duração 42 Minutos
Idioma(s) Português
Formato(s) DVD
Gravadora(s) SBT Music (gravadora)
Building Records (distribuidora)
Diretor(es) Ricardo Mantoanelli
Produção Arnaldo Saccomani, Laércio Ferreira
Cronologia de Vários
Último
Último
Chiquititas Vídeo Hits Vol.2
Chiquititas Vídeo Hits Vol.4
Próximo
Próximo


A novela Chiquititas ganhou Disco de Ouro pela vendagem dos volumes 1 e 2 do DVD “Chiquititas Video Hits”. Para comemorar, o SBT Music e a Building Records lançam em todo o Brasil o DVD “Chiquititas Video Hits – Volume 3”, composto por 14 clipes, extras e making of.

Terceiro DVD (3)  
N.º Título Música Duração  
1. "Sempre Juntos"   Coro Chiquititas 03:13
2. "Berlinda"   Coro Chiquititas 02:21
3. "Palco"   Gabriel Santana, Filipe Cavalcante e Gui Vieira 03:23
4. "Até Dez"   Coro Chiquititas 02:08
5. "Coração Com Buraquinhos"   Amanda Acosta e Carolina Chamberlain 04:30
6. "Me Passam Coisas"   Giovanna Grigio 03:41
7. "Laços do Coração"   Livia Libâneo 03:18
8. "Ti Bum Pá"   Julia Olliver 02:09
9. "Delicinha (Bonitinha)"   Pedro Lemos 03:10
10. "Cara de Pau"   Samia Abreu 01:52
11. "Sozinho"   Emilio Eric 01:36
12. "Pedido de Casamento"   Pedro Lemos 01:28
13. "Alegria Alegria"   Rene Thristan 03:08
14. "Muleke Doido"   Jean Paulo Campos 05:35
15. "Coração Com Buraquinhos (Making Off)"   Amanda Acosta e Carolina Chamberlain 00:52
16. "Especial Fim de Ano SBT Chiquititas"   Livia Andrade 01:26
Duração total:
42 Minutos

Revista Chiquititas - DVD Chiquititas Vídeo Hits Volume 4[editar | editar código-fonte]

Chiquititas Vídeo Hits Volume 4
Álbum de vídeo de Vários artistas
Lançamento maio de 2015
Gravação 2014/2015
Gênero(s) Pop, Infantil
Idioma(s) Português
Formato(s) DVD
Gravadora(s) SBT Music (gravadora)
Building Records (distribuidora)
Diretor(es) Ricardo Mantoanelli
Produção Arnaldo Saccomani, Laércio Ferreira
Cronologia de Vários artistas
Último
Último
Chiquititas Vídeo Hits Vol.3
Chiquititas Vídeo Hits Vol.5
Próximo
Próximo


Lançado nas bancas de jornais de todo o Brasil, o quarto volume do DVD com 14 vídeos hits da trilha sonora de Chiquititas. Lançamento do SBT Music em parceria com a Building Records, o DVD faz parte de um KIT da revista Chiquititas, que traz testes, pôster e dicas para os fãs da trama. A revista Chiquititas, que traz o ‘DVD Chiquititas Vídeo Hits Volume 4’, é comercializada com preço sugerido de R$ 33,90.

O DVD, inclui clipes gravados em Natal e Rio de Janeiro

Também contem no DVD, clipes com cenas da novela "Todo Mundo Chique", "Coleção","Chiquitita Dança Assim", "Me Passam Coisas" e "Te Encontrei"

O DVD, contem 2 clipes extras, "Cidade do Sol", e "Muleke Doido",

No DVD, está presente 2 clipes inéditos da novela, "Chiquitita Dança Assim", e "Te Encontrei"

Diferente dos outros volumes, este DVD não é em digipack.Este novo DVD foi lançado direto nas Bancas a princípio,com o propósito de um corte de gastos do Sbt,devido ao fraco faturamento com os produtores anteriores:CD Remix e DVD Video Hits Volume 3,que infelizmente passaram de 30/35,00 R$ para 2,00R$,muita desvalorização,isso resultou na devolução de muitas cópias do produto ao fornecedor.Atualmente é muito raro encontrar o terceiro DVD e o terceiro CD de Remixes,por este motivo somente este quarto DVD foi lançado em Formato Físico Tradicional,há boatos de que poderia haver um DVD Volume 5,o que já foi descartado várias vezes pelo próprio Sbt.Este DVD Volume 4,realmente é o último DVD Video Hits da novela,já o quarto CD o famoso Volume 3 tem poucas chances de lançar,como a novela está já bem no fimmse lançar será realmente somente via Itunes e Play Store,não há condições do CD ser lançado Fisicamente como de costume,infelizmente,para tristeza de muitos Fãs,mas pelo menos se o último CD for realmente lançado nem que seja somente virtualmente,pelo menos não ficaremos sem as várias novas músicas.Este novo DVD está a venda em várias Bancas e Revistarias do Brasil com excessão dos estados do Nordeste e Rio Grande do Sul.

N.º Título Música Personagem Duração  
1. "Chiquititas Vem"   Coro Chiquititas Tema Raio de Luz 03:13
2. "Vamos Dançar"   Pedro Henrique Thiago 03:28
3. "O Que Você Fez? (Que Hiciste Qué?)"   Gabriel Santana, Giovanna Grigio e Coro Chiquititas Mili e Mosca 02:10
4. "Todo Mundo Chique"   Coro Chiquititas (Tema de Locação: Raio de Luz) 02:30
5. "Crescer (Crecer)"   Giovanna Grigio Mili 03:45
6. "Amigas"   Júlia Gomes Marian 03:21
7. "Rio, O Sol é Teu"   Coro Chiquititas Tema visita ao Rio de Janeiro 02:25
8. "24 Horas (Venticuatro Horas)"   Coro Chiquititas Tema brincadeiras 02:36
9. "Te Encontrei (Te Encontre)"   Guilherme Boury e Manuela do Monte Júnior e Carol 01:59
10. "Coleção"   Nani Tema Vivi e Samuca  
11. "Me Passam Coisas (Me Pasan Cosas)"   Giovanna Grigio Mili e Mosca  
12. "Chiquitita Dança Assim (Chiquititas Baila Así)"   Coro Chiquititas Tema geral: Raio de Luz 02:35
13. "Muleke Doido (Bônus)"   Jean Paulo Campos Tema Geral  
14. "Cidade do Sol"   Rastafeeling e Coro Chiquititas Tema visita a Natal  

Ver também[editar | editar código-fonte]

SITES:

http://www.sbt.com.br/chiquititas/

http://equipechiquititas.blogspot.com.br/

FACEBOOK:

https://www.facebook.com/ChiquititasSBT

YOUTUBE:

https://www.youtube.com/user/NovelaSBTChiquititas

 

A novela Chiquititas extreou dia 15 de julho de 2013 no SBT e vem fazendo muito sucesso. Remake da novela que foi exibida de 1997 a 2001. No elenco dessa nova versão estão Giovanna Grigio ,Júlia Olliver ,Cinthia Cruz ,Livia Inhudes ,Raissa Chaddad ,Gabriella Saraivah ,Giulia Garcia ,Carolina Chamberlain ,Sophia Valverde ,Gabriel Santana ,Gui Vieira, Anna Livya Padilha ,Felipe Cavalcante ,João Acaibe ,Carla Fioroni ,Liza Vieira ,Manuela Do Monte ,Naoki Takeda ,Bianca Paiva, Julia Gomes, Donato Verissimo ,Pedro Henrique ,Amanda Furtado ,Lissandra Parede, Emilio Eric ,Leticia Navas ,entre outros. A novela conta a historia de um grupo de meninas orfãs que vivem num orfanato chamado Raio De Luz. Inicialmente as meninas que vivem lá são Mili ,Vivi, Cris, Tati, Bia e Ana , tem tambem os garotos que moram na rua, Mosca ,Rafa ,Binho e Pata ,que depois entram no orfanato ,pata entra primeiro ,e depois que o orfanato começa a asseitar meninos, eles também vão para o orfanato Raio De Luz ,á também as pessoas que trabalham no café Boutique onde Carol trabalhava ,mais depois ela vai trabalhar no orfanato. Os orfãos do orfanato esperam um dia ter um lar e uma familia. Varios Cd,s com a trilha sonora e o DVD,s com os videoclipes da novela já está nas Lojas !

 

CHIQUITITAS PERSONARGENS PRINCIPAIS:

Mili – Milena (Giovanna Grigio)Carismática e madura para seus 13 anos, Mili é a líder da turma das meninas. Sempre tem boas ideias e soluções para os problemas. Considerada pelas meninas do orfanato como uma irmã mais velha, sempre aconselha as amigas e acolhe as novatas. Mili é sonhadora e adora uma boa leitura. Criativa, tem o hábito de inventar histórias, usando a imaginação para fugir da realidade e embarcar junto com suas amigas em um mundo de sonhos e fantasias. Seu maior objetivo de vida é reencontrar seus pais. Durante seu crescimento e sua busca pela verdade, Mili vai passar por grandes aventuras ao lado das crianças e vivenciar seus primeiros amores.

Pata – Patrícia (Julia Oliver)Rebelde e arredia, Pata é fiel aos poucos amigos que tem. Garota esperta e ligada em tudo o que acontece em sua volta, é sincera e fala tudo o que pensa. Compra briga para defender o que acredita ou quem gosta. Sua única família é o irmão, Mosca. Após fugir de casa e passar por vários orfanatos, Pata é presa pela polícia, separada do seu irmão e levada para a Casa Raio de Luz, sua última chance para não ser transferida para um reformatório. No orfanato, a adaptação da garota não é fácil, mas ela terá que aprender a conviver com as outras meninas.

Bia – Beatriz (Raissa Chaddad)Encrenqueira e mandona, Bia arruma sempre as maiores confusões e apronta as piores travessuras. Uma garota com personalidade difícil e que se acha a mais esperta de todas. Adora ser o centro das atenções e não gosta da ideia de Mili ser a líder das meninas, o que dificulta a relação das duas. Bia conta com a ajuda de Ana para armar planos e brincadeiras que normalmente contrariam todos. A garota foi deixada bem pequena no orfanato e por isso se sente rejeitada.

 Cris – Cristina (Cinthia Cruz)Sensível e sonhadora, assim é Cris. Amiga e atenciosa com todos, faz tudo com muito carinho e perfeição. Bastante ligada em tecnologia, está sempre conectada às redes sociais e tem o costume de escrever diariamente seus pensamentos em seu blog e também posta fotos e acontecimentos do orfanato. Romântica, Cris sonha com seu príncipe encantado e em formar a família que nunca teve. Por ser mais carente que as outras meninas, a garota se apega facilmente às pessoas e tem a necessidade de aprovação e elogio de todos.

Vivi – Viviane (Lívia Inhudes)A mais bonita e vaidosa das meninas, Vivi sonha em ser uma modelo de sucesso. Por dentro de tudo o que acontece no mundo da moda, é exigente com suas roupas e acessórios. Vivi mora no orfanato desde os cincos anos, mas sente vergonha em não ter uma família normal e não ter boas condições financeiras. Por muitas vezes é obrigada a omitir sua realidade para não sofrer preconceitos ou ser julgada.  Vivi tem muitas mágoas do passado e sente obrigação de cuidar e proteger sua irmã, Tati.

Tati (Gabriella Saraivah)Curiosa e extrovertida, Tati é uma garota que conquista todos. Muito faladeira, não consegue guardar um segredo por muito tempo. Sempre está metida em alguma confusão. Criativa, principalmente na hora das brincadeiras, apronta todas as travessuras ao lado de suas amigas do orfanato. Sonha em reencontrar seu pai e viver ao lado de sua irmã, Vivi, como uma verdadeira família. 

Ana – Luciana (Giulia Garcia)Carismática e divertida, Ana é a mais medrosa do grupo. Uma garota insegura e influenciável. Ela vê Bia como sua protetora. Tenta se expressar das formas mais engraçadas com gestos, caras e bocas. Sapeca, Ana sempre faz as perguntas em horas inapropriadas e disputa a atenção de todos com Tati, pois as duas são as mais novas da turma. Ana não sabe muito do seu passado, mas isso não a deixa abalada. Ela vive feliz no Orfanato Raio de Luz.

Mosca – Felipe (Gabriel Santana)Aventureiro e corajoso, Mosca é um sobrevivente das ruas. Líder dos meninos, Mosca é um garoto independente e adora a sua liberdade. Tem seus ideais e sempre busca o que acredita. Defende e protege seus amigos, principalmente sua irmã, Pata. Trabalhou como malabarista nas ruas de São Paulo. Em meio a tantas dificuldades, o garoto arranja tempo para se divertir com Binho e Rafa. Por trás desta personalidade forte, Mosca é um garoto sensível e carente. Ele carrega mágoas de um passado difícil, mas tenta encarar a vida com bom humor e sempre vê o lado positivo das coisas. Ao entrar no Orfanato Raio de Luz, demora em se adaptar devido às regras do lugar. 

Binho – Rubens (Gui Vieira)Dramático e exagerado, Binho é conhecido por vencer as pessoas pelo cansaço. Muitas vezes precisa mentir para conseguir aquilo o que quer. É o mais baixinho dos meninos e acha que tem a capacidade e o tamanho suficiente para enfrentar qualquer pessoa. Por não gostar de banho, é apelidado pelos amigos como Cascão e tem sérios problemas com piolhos. Binho apronta todas e está sempre metido em confusões. Ele está na fase de achar todas as meninas chatas e enfrentará alguns problemas ao entrar no orfanato.

 

Rafa – Rafael (Filipe Cavalcante)Sensível e ingênuo, Rafa é o maior da turma, mas muito atrapalhado e medroso. Um garoto de bem com vida, um amigo fiel e muito simpático. Gosta de estar sempre arrumado e perfumado, sente falta desse conforto morando na rua. Rafa é romântico e se apaixona fácil, mas por ser inseguro não tem facilidades em demonstrar os seus sentimentos.

Sofia (Liza Vieira)Carinhosa e atenciosa, Sofia é a diretora do Orfanato Raio de Luz. As crianças são como sua família, por isso importa-se mais com elas do que consigo mesmo. Porém, Sofia carrega um fardo há anos, pois guarda um grande segredo que envolve Mili.

Chico – Francisco (João Acaiabe)Cozinheiro de mãos cheias do orfanato, o ingênuo Chico cativa a todos pela sua simpatia e bom humor. É expansivo, falante e está sempre de bem com a vida. Companheiro fiel das crianças, Chico está sempre fazendo brincadeiras e, algumas vezes, metido em confusões.

Ernestina (Carla Fioroni)Atrapalhada e espalhafatosa, Ernestina é a zeladora do orfanato. Ela tem a função de cuidar e fazer com que as crianças cumpram rotinas. Conhecida por ser uma verdadeira general, Ernestina se faz de durona e mal encarada, quando na verdade não é. A zeladora é vaidosa e não se relaciona com as pessoas com medo de se apegar e se machucar. Ernestina guarda um grande segredo, o fato de ter uma irmã gêmea, Matilde.

Carol (Manuela do Monte)Carismática e descontraída, Carol é uma doce mulher, com personalidade forte e corajosa. Ela luta pelo que acredita ser o certo e sempre vê as coisas pelo lado positivo. Está sempre disposta a ajudar as pessoas e possui um carinho especial pelas crianças. Moderna, idealista e inteligente, Carol cursa o último ano de faculdade de psicologia. Uma mulher que enfrenta qualquer tipo de desafio com muita determinação e, às vezes, acaba agindo mais pela emoção do que pela razão. Carol trabalha como garçonete, no Café Boutique, para pagar as contas e a faculdade. Destaca-se pela boa vontade e agilidade ao atender os clientes, mas é mandada embora injustamente do local. Desempregada, Carol começa a trabalhar temporariamente no Orfanato Raio de Luz, lugar onde a mocinha encontra sua vocação com as crianças.

Beto (Emílio Eric)Charmoso e bonito, Beto é sedutor, mulherengo e pegador. Está sempre metido em confusão, perde todos os empregos e vive nas costas de sua irmã mais velha, Carol. Apesar da fama de conquistador e irresponsável, Beto cativa as pessoas por sua simpatia, alegria e carisma

Junior (Guilherme Boury)Filho de José Ricardo, Junior é cavalheiro, educado e reservado. Um homem de poucas palavras, mas de muita atitude em questões profissionais. Amargurado, tem um péssimo relacionamento com seu pai, por culpá-lo da morte de sua mãe. Há três anos morando fora do Brasil, Júnior volta e descobre que o estado de saúde de sua irmã, Gabriela, não está bem. Sente-se culpado por ter ficado ausente e decide ficar no Brasil para descobrir toda a verdade sobre a causa do sofrimento de sua irmã. Ao conhecer Carol e as crianças do orfanato, Junior começa a ver a vida de uma forma diferente.

José Ricardo (Roberto Frota)Dono do Café Boutique Sabores e fundador do Orfanato Raio de Luz, José Ricardo é um rico e bem-sucedido empresário. Um homem arrogante e calculador, que não admite ser contrariado ou mostrar qualquer sinal de fraqueza. José Ricardo é uma pessoa solitária, que não sabe lidar com suas emoções e oprime todos os seus sentimentos. Pai de Junior e Gabriela, não tem um bom relacionamento com a família, principalmente com seu filho. Junto com Sofia, esconde um grande segredo de Mili, uma das órfãs do orfanato.

Carmem (Giovanna Gold)Irmã mais nova de José Ricardo, Carmem é uma mulher frustrada e interesseira que só pensa em ficar com a fortuna de seu irmão e faz de tudo para conseguir o que quer. Tem um estilo conservador e gosta de manter as aparências. Não gosta da atual diretora do orfanato, Sofia, e quer tomar o seu lugar para que tenha o controle da propriedade. Não gosta de crianças e não tem a mínima paciência de lidar com elas. É vista pelas meninas do Orfanato Raio de Luz como bruxa e torna-se a grande vilã das crianças.

Gabi (Naiumi Goldoni)Filha mais nova de José Ricardo, Gabriela tem uma vida marcada por traumas. Perdeu sua mãe, seu namorado e sua filha recém-nascida. Traumatizada, fechou-se completamente para o mundo, vivendo em uma realidade paralela. Gabriela acredita que sua filha ainda esteja viva e são em seus desenhos, mesmo com os traumas, que ela consegue expressar seus sentimentos e pensamentos.

Valentina (Sandra Pêra)Governanta da família Almeida Campos, Valentina é medrosa, submissa e conformada. Depende de seu emprego para sobreviver e vive em função da família de José Ricardo. Não superou a suposta morte de seu filho, Miguel e, por isso, dedica toda sua consideração e carinho a Gabriela, da qual cuida com total dedicação.

Duda (Filipe Bragança)Rico e vaidoso, Duda é parente distante dos Almeida Campos, filho da prima de Carmem. Duda é bonito e anda sempre com aparelhos digitais de última tecnologia, como celular e tablet. Mimado e esnobe, acha que é superior aos outros. Seu pai é falecido e sua mãe viciada em trabalho, nunca tem tempo para o filho, o garoto sente falta de carinho e por isso guarda uma enorme mágoa e não se abre com ninguém. Ao conhecer as crianças do orfanato, Duda arruma confusão com algumas crianças e se alia a Carmem.

Maria Cecília (Lisandra Parede)Jovial e elegante, Maria Cecília é uma garota insegura, que é influenciada pela mãe, Eduarda, que a sufocava de tanto cobrá-la, mas ao mesmo tempo tenta agradá-la por carregar a culpa de ter interrompido a sua carreira de modelo. Na Café Boutique, Maria Cecília é responsável por cuidar do bom funcionamento da sede e de suas filiais. É uma profissional competente e exige perfeição de seus funcionários.

Tobias (Pedro Lemos)Tobias é um rapaz ingênuo, humilde e esforçado. Trabalha como garçom, barista e balconista na Café Boutique. Tem o sonho de crescer na vida, casar e constituir uma família. Romântico, não mede esforços para conquistar a mulher que ama.

Clarita (Letícia Navas)Moderna e agitada, Clarita trabalha como garçonete e balconista na Café Boutique. É uma garota determinada e ama o seu trabalho, pois a torna independente. Um pouco atrapalhada, Clarita chama atenção por onde passa, pelo seu jeito exagerado. É uma garota alegre e divertida, que encanta a todos por sua simpatia.

Letícia (Amanda Acosta)Mãe da mimada Dani, Leticia é uma ótima funcionária, trabalha como balconista e caixa na Café Boutique. Uma mulher madura, discreta e bem resolvida que está sempre disposta a ajudar as amigas com bons conselhos. Seu passado é triste, pela perda de seu marido, e por isso faz todas as vontades da filha e assim tentar suprir a carência do pai.

Dani (Carolina Chamberlain)Dani é uma menina mimada e carente, faz tudo para chamar atenção e sempre acaba persuadindo sua mãe, Leticia, sobre suas vontades. Filha única, sente falta de seu pai e de ter uma família estruturada. Não se dá bem com outras crianças, pois é muito egoísta e não sabe dividir suas coisas e nem a atenção das pessoas. Dani é uma criança triste e a sua maneira de chamar atenção é dando trabalho para todos a sua volta. 

Armando (João Gabriel)Ambicioso e falso, Armando é o braço direito do Dr. José Ricardo, tem o objetivo de ficar rico e almeja o cargo mais alto da empresa. Ele é responsável por toda a parte financeira e apesar de bajulador é eficiente.

Eduarda (Virginia Nowicki)Socialite em falência é uma verdadeira perua que gosta de aparecer e chamar atenção. Eduarda é mãe de Maria Cecília. Sua carreira de modelo foi interrompida devido à gravidez, o que a tornou uma mulher frustrada. Seu maior medo é envelhecer. Gosta de usar roupas e acessórios extravagantes. Materialista e arrogante, Eduarda é agradável com as pessoas importantes e indiferente com pessoas que não lhe interessam.

Cintia (Milena Ferrari)Bonita e elegante, Cintia é uma modelo de sucesso, que precisa interromper sua carreira no auge devido à idade. Usa seu charme para conquistar o empresário Dr. José Ricardo. Ambiciosa e manipuladora, tem o objetivo de conseguir a posse da casa onde funciona o Orfanato Raio de Luz, que era propriedade de seus pais e que esconde um tesouro precioso.

Dr. Fernando (Paulo Leal)Inteligente e charmoso, Fernando é um médico brincalhão, voluntário como "Doutor da Alegria", e tem facilidade em lidar com crianças. Não tem dificuldades em expressar seus sentimentos e vive a vida intensamente.

Matias (Thiago Wittner)Educado e obediente, Mathias é um garoto rico que mora com seus pais. Estuda para conseguir uma bolsa no exterior. Namora Vivi por um tempo sem saber que ela é órfã.

Maria (Sophia Valverde)Doce e graciosa, Maria encanta a todos com seu jeito angelical. Com olhar triste, demonstra carinho pelas pessoas. Traumatizada por sofrer violência nas ruas, Maria prefere viver em seu mundo imaginário. Sua única companhia é a boneca Laura, com quem conversa, desabafa e divide todos os seus momentos. Ao longo do tempo, a convivência com a garotada do orfanato a torna uma criança mais alegre e saudável.

Boneca Laura (Amanda Furtado)Ela é uma boneca de pano que toma vida na imaginação de Maria. Laura é invisível aos olhos das outras pessoas. Atenciosa e fiel torna-se a companheira inseparável da menina, ajudando-a passar por momentos difíceis de sua vida e, sempre que pode, dando o seu ponto de vista. Moderna, sapeca e agitada, diverte e anima Maria com suas brincadeiras, histórias e conselhos, sejam eles bons ou ruins.

Janu (Anna Livya Padilha)Uma garota arrogante, prepotente e fresca. Janu é vizinha do Orfanato Raio de Luz. Porém possui um lado carinhoso que a fará ficar apaixonado por Mosca.

Bel (Bruna Carvalho)Possui 12 anos de idade e estuda na mesma escola que Janu, de quem é melhor amiga. Inteligente, vai aprontar muito com as Chiquititas. A menina também vai namorar o Rafa.

André (Matheus Lustosa)André possui 12 anos e adora aprontar com os amigos. É bom de briga, mas no fundo é um bom garoto. Janu gosta de André.

Neco (Kaik Francisco)Neco é um menino que foi vítima de trabalho infantil e que é muito medroso. Neco vira um garoto apaixonado quando conhece a doce Lúcia.

Lúcia (Bianca Paiva)Lúcia é uma garota meiga e bonita, que vive presa na casa de sua avó Helena. Não se abre muito com as pessoas e nem expõe seus sentimentos, mas consegue se expressar com a música. Lúcia adora tocar gaita.

Teca (Lorena Tucci)Afilhada de Chico que vai morar no orfanato Raio de Luz após seu pai morrer. Sua mãe é uma grande modelo que mora na Europa. Por esse motivo a menina é metida e inferniza a vida das meninas mais novas, em especial a da Maria. Depois de um tempo, acaba se tornando amiga e companheira de todos.

Marian (Júlia Gomes)Após ter sido rejeitada pelas suas duas últimas famílias por seu terrível temperamento, acaba indo parar no orfanato Raio de Luz. No início se passa por boa garota e se torna amiga das meninas, porém se mostrará ser uma das grandes vilãs e se juntará com Carmen para acabar com a vida das Chiquititas.

Thiago (Pedro Henrique)Rejeitado pelo pai, um jogador de futebol muito famoso, Thiaguinho foge da casa da tia rica e é levado para o Orfanato Raio de Luz. Com bons modos e etiqueta, o garoto aprende a conviver em outra realidade de vida. Seu sonho é ser um jogador famoso e acredita que um dia seu pai irá buscá-lo e viverão com uma verdadeira família.

Fábio (Naoki Takeda)Um garoto triste, Fábio é introvertido. Perdeu seus pais recentemente e não se abre muito com as pessoas. Fábio é de família chinesa e preserva seus modos e costumes orientais. Escreve e lê chinês, o que faz com que as crianças do orfanato acreditem que ele não fala português. Quieto e desatento, Fábio tenta se adaptar com a rotina das crianças do Orfanato Raio de Luz.

Samuca (Donato Veríssimo)Samuca é muito inteligente e considerado gênio pelas demais crianças. O menino adora construir e inventar diversas coisas.

Juca (Matheus Chequer)Juca é um garoto que fugiu do reformatório em que morava. De Personalidade difícil e caráter duvidoso, ele se unirá com Carmen para fazer maldades. Porém, no fundo possui um bom coração.

Janjão (João Pedro Carvalho)Sempre arranja encrenca com os garotos do orfanato e é o grande líder da turma de vizinhos do Raio de Luz, que inclui o seu amigo Tatu.

João Pedro (Renê Thristan)Charmoso e muito bonito, JP, como é conhecido, é cantor e líder de uma banda. João Pedro também será um dos amores de Mili. O garoto é de família rica e possui uma namorada. Em um determinado momento, seus pais vão embora do País e ele fica no Brasil para não ser obrigado a se afastar de Mili.

Tatu (Alexandre Bittencourt)Tatu é puxa saco de Janjão e por isso sempre o acompanha em diversas confusões, principalmente com os meninos do Raio de Luz. O garoto se faz de valente só quando está com André e Janjão. Tatu vai se apaixonar por Tati e descobre os desafios de lidar com esse sentimento.

Renata (Brunna Martins)Extremamente bonita e namorada de João Pedro. É uma garota mimada, bem de vida e difícil de lidar. Mesmo sendo assim, Linda, mãe de João Pedro, gosta muito dela e a vê como uma nora em potencial. Renata gosta mais de João Pedro do que ele dela, isto ficará ainda mais evidente quando Mili, inocentemente, entra no meio do relacionamento dos dois.

Miguel (Daniel Andrade)Miguel é bonito e atraente. Dado como morto em uma queda de helicóptero, tem metade de seu rosto desfigurado e usa uma máscara para esconder as marcas do acidente. Carismático, envolvente e romântico, mas revoltado com Dr. José Ricardo. Mesmo com a mágoa que guarda, não perde a esperança de voltar a viver uma vida feliz ao lado de Gabriela, seu único e verdadeiro amor. Após 12 anos, Miguel resolve voltar para São Paulo e, com a ajuda da mãe, se esconde no porão do Orfanato Raio de Luz para desvendar todo o mistério que envolve seu passado.

 

 

Confira os videos :

 

 

SE VOÇÊ E FÃ DE CHIQUITITAS ,CARROSSEL E PATRULHA SALVADORA SIGA NO TWITTER: @FCChiqeCarr

 

CURTA TAMBEM A PÁGINA NO FACEBOOK:

https://www.facebook.com/ChiquititasFC2016/